Ver mais

Bolsonaro Veta Uso de Dados Telefônicos para Monitoramento

2 mins
Atualizado por Caio Nascimento

EM RESUMO

  • Entenda o que está acontecendo no cenário nacional
  • São Paulo e outros estados já estão sobre monitoramento
  • Medida autoritária ou necessária em tempos de pandemia?
  • promo

Uma grande polêmica com Marcos Pontes, Ministro da Ciência e Tecnologia, fez o Brasil ficar apreensivo nos últimos dias, mas veto de Bolsonaro acalma ânimos.
O ministro divulgou em seu Instagram toda uma explicação detalhada e cheia de desculpas sobre um vídeo que ele publicou mas que logo em seguida apagou. Neste vídeo, ele aparece afirmando que o Governo Federal iria começar a monitorar dados da movimentação social por meio das operadoras de celular. Isso é o que vários estados já estão fazendo, como São Paulo, o que vem gerando uma insatisfação gigantesca por parte da população, que está tendo sua privacidade invadida de forma brutal pelo governo. O ministro Marcos Pontos disse que as operadoras que fazem parte de um comitê especial de empresas de telefonia e radiodifusão vão estar se movimentando para fazer todo o monitoramento social durante a pandemia, oferecendo ao Governo Federal um mapa dos dados de celulares da população para identificar aglomerações. Supostamente, os dados seriam coletivos e também anônimos. Foi nesse meio tempo que ele gravou o vídeo, mas logo o deletou. Isso aconteceu na sexta feira, e no sábado, Jair Bolsonaro, presidente da republica, fez um pronunciamento pedindo para que exista maior prudencia na adoção deste acordo, e que ele só fosse realmente firmado depois de maiores análises.

Bolsonaro Preocupado Com a Privacidade dos Usuários

O que fica claro é que Bolsonaro tem como principal preocupação a privacidade da população, agora, se isso é uma jogada politica ou um sentimento próprio, é bem difícil definir. Mas a verdade é que Bolsonaro tem como grande força de sua base de apoio a disseminação de vários tipos de noticias diferentes nos grupos do WhatsApp, o que influencio severamente na votação que o tornou então presidente. Vários países diferentes, entretanto, estão usando esse tipo de monitoramento, já que os dados são grupais e também são anônimos. É um tipo de monitoramento que supostamente ajuda no controle de aglomerações, de forma que os governos então possam criar novas medidas para que o isolamento social vigente seja respeitado. Até mesmo os Estados Unidos usam essa estratégia, mas há de se lembrar de que por lá o “Big Brother” é uma realidade constante, e a liberdade e privacidade dos cidadãos fica sempre em segunda instancia quando algo precisa ser controlado ou investigado. A verdade é que essas decisões, seja par um viés ou outro, geram grande polêmica, já que estamos colocando na balança a saúde geral da população e a privacidade dela, seu direito irrevogável de ir e vir. E você? O que acha disso tudo? Apoia a decisão de Bolsonaro ou acha que os dados devem ser monitorados durante este período de pandemia que vivemos? Para manter-se informado, tendo a sua disposição conteúdo constante e de qualidade, não deixe de acompanhar nosso site. Aproveite e faça parte da nossa página de criptomoedas no Twitter.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Patrocinados
Patrocinados