Ver mais

BlackRock estabelece novo padrão de tokenização com o sucesso do BUIDL

2 mins
Por Harsh Notariya
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • BUIDL da BlackRock se torna o maior fundo tokenizado, com US$ 375 milhões, superando o BENJI.
  • O rápido crescimento do BUIDL reflete a crescente integração da blockchain nas finanças tradicionais.
  • CEO da BlackRock, Larry Fink, apoia a tokenização para aumentar a eficiência do mercado de capitais.
  • promo

O USD Institutional Digital Liquidity Fund (BUIDL) da BlackRock se tornou o maior fundo de tesouraria do mundo tokenizado em um blockchain.

Essa conquista ocorre após a superação do Franklin OnChain US Government Money Fund (BENJI) da Franklin Templeton em valor de mercado. O marco destaca um momento crucial na integração da gestão de ativos digitais com os sistemas financeiros tradicionais.

BUIDL da BlackRock atinge 36,5% de crescimento mensal

Lançado há apenas seis semanas, o BUIDL chamou rapidamente a atenção do mercado, acumulando uma capitalização de mercado de US$ 375 milhões. Em contraste, o fundo BENJI, antes líder nesse espaço, atualmente possui uma capitalização de mercado de US$ 368 milhões.

Conforme o analista on-chain Tom Wan, em abril, o valor da BUIDL aumentou 36,5%, passando de US$ 274 milhões para US$ 375 milhões. Em contraste, o crescimento da BENJI foi modesto, e subiu apenas 2,1% de US$ 360 milhões para US$ 368 milhões durante o mesmo período. Além disso, o recente aumento da BUIDL incluiu US$ 95 milhões do token OUSG da Ondo Finance.

Leia mais: Qual a diferença entre token e criptomoeda?

Panorama do mercado de títulos públicos tokenizados por produto
Panorama do mercado de títulos públicos tokenizados por produto. Fonte: Dune

Pioneirismo

A Franklin Templeton foi pioneira no BENJI em 2021, estabelecendo-o como o primeiro fundo registrado nos EUA a alavancar o blockchain público para melhorar o processamento de transações e o registro de propriedade de ações. Os tokens BENJI, baseados nos blockchains Stellar (XLM) e Polygon (MATIC), representam exclusivamente as ações do fundo.

Apesar da abordagem inovadora da BENJI, o BUIDL da BlackRock subiu rapidamente ao topo, destacando a rápida adoção e o potencial do blockchain nos principais serviços financeiros.

O CEO da BlackRock, Larry Fink, defende a tokenização de ativos do mundo real. Ele acredita que as implementações on-chain podem trazer mais eficiência aos mercados de capitais. Esse sentimento está de acordo com a tendência mais ampla de tokenização de ativos, que agora vai além dos títulos do governo e inclui ações e imóveis.

Embora a demanda geral por esses produtos tokenizados permaneça em seus estágios iniciais, segmentos específicos, como exemplificado pela BUIDL, mostram um interesse promissor. Wan ressalta que a liquidez continua sendo a principal preocupação dos possíveis investidores em ações, fundos ou títulos tokenizados.

“Mesmo que os investidores finais sejam cripto nativos, eles relutariam em investir em ações tokenizadas devido à baixa liquidez. Como resultado, cria-se um problema de galinha e ovo. Os emissores não veem um benefício claro em tokenizar seus ativos on-chain com baixa demanda”, disse Wan.

No entanto, ele reconhece o mercado substancial de títulos do Tesouro dos EUA no domínio cripto. Ele então citou o exemplo das participações da Ondo, que custam aproximadamente US$ 350 milhões.

Leia mais: Qual é o impacto da tokenização de ativos do mundo real (RWA)?

A proporção de títulos públicos tokenizados aumentou notavelmente, passando de 0,1% em janeiro de 2023 para aproximadamente 1,4% do valor total tokenizado atualmente. Portanto, Wan prevê que essa tendência provavelmente se acelerará, impulsionada pelos avanços tecnológicos e pela evolução das preferências dos investidores.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados