Ver mais

Bitcoin ‘pode substituir ouro’, diz executivo da maior gestora de ativos do mundo

2 mins
Atualizado por Paulo Alves

EM RESUMO

  • O canal de TV CNBC entrevistou o diretor de investimentos da Blackrock, Rick Rieder na sexta-feira.
  • Rieder elogiou o Bitcoin e as criptomoedas em geral.
  • O bitcoin voltou a subir para a máxima anual após a entrevista.
  • promo

O Chief Information Officer (CIO) da BlackRock, Rick Rieder, participou do programa Squawkbox do canal de TV americano CNBC na sexta-feira (20). Ele aproveitou a oportunidade para dizer algo surpreendentemente positivo sobre o bitcoin em relação ao ouro.

O apresentador Andrew Ross Sorkin conversou com Rieder sobre a batalha dos fundos de proteção. Além disso, a dupla falou sobre os potenciais de investimento.

O preço do bitcoin superou de maneira substancial o ouro desde o início de outubro. Agora, a criptomoeda é comercializada a quase dez onças de ouro por um BTC.

Sorkin, de brincadeira, questionou Rick sobre se ele estava otimista ou não com a principal criptomoeda do mundo. Também perguntou se o governo poderia tentar regulá-la devido à alta atual dos preços.

Bitcoin “está aqui para ficar”

Rieder desviou a questão, dizendo que acha que o bitcoin e as criptomoedas estão “aqui para ficar”. Ele ressaltou ainda que não tem muito a ver com bitcoin no que diz respeito a suas carteiras corporativas. Com isso, dessa forma, deu a entender que ele talvez invista pessoalmente em BTC.

O figurão da BlackRock não tem certeza se o preço atual (cerca de US$ 18.600) por moeda vale a pena ou não e continua se perguntando se ele acha que o Bitcoin vai tomar o lugar do ouro:

“Eu acho que é um mecanismo durável que poderia funcionar no lugar do ouro em grande medida? Sim, eu acho porque é muito mais funcional do que levar uma barra de ouro por aí.”

Rieder parece pensar assim, ecoando os antigos sentimentos de muitos na comunidade de criptomoedas sobre o surgimento de um novo padrão de ouro digital.

O bitcoin avançou fortemente logo após a entrevista, quase atingindo o valor de US$ 19.000. Se os dois eventos estão ou não correlacionados ainda não está claro, mas um endosso da BlackRock parece estar adicionando lenha à fogueira.

O bitcoin continua a ser negociado perto de seu recorde histórico em 2017, embora cerca de US$ 1.000 abaixo desse valor histórico.

O que é a Blackrock?

A BlackRock é uma empresa americana de gestão de investimentos globais com sede na cidade de Nova York. Fundada em 1988, a empresa é a maior gestora de ativos do mundo, com US$ 7,4 trilhões em ativos sob gestão no final de 2019. 

O CEO da BlackRock, Larry Fink, disse em 2018 que a empresa está avaliando as criptomoedas, mas advertiu que ele ainda não enxerga demanda.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

images.jpeg
Comercial
Comercial é o nome universal do autor para todo o conteúdo patrocinado fornecido pelos parceiros do BeInCrypto. Portanto, esses artigos, criados por terceiros para fins promocionais, podem não estar alinhados com os pontos de vista ou opinião do BeInCrypto. Embora façamos esforços para verificar a credibilidade dos projetos apresentados, estas peças destinam-se a publicidade e não devem ser consideradas como aconselhamento financeiro. Os leitores são incentivados a realizar pesquisas...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados