Bitcoin e Ethereum saltam em meio a decisões do FED

24 novembro 2022, 09:00 -03
24 novembro 2022, 09:00 -03
EM RESUMO
  • O mercado cripto se recuperou depois que o FED revelou que certas autoridades acham que o banco central começará a reduzir os aumentos das taxas de juros.
  • No entanto, alguns ainda acham que a agilidade na resposta econômica precisa ser analisada para entender melhor os efeitos do aperto da instituição.
  • Embora nenhuma menção tenha sido feita a uma recessão, alguns analistas, bem como o crescente spread negativo entre os rendimentos do tesouro de curto prazo, revelam o contrário.
  • promo

As atas da Reunião do Comitê Federal de Mercados Abertos do Federal Reserve (FED) deste mês revelam que a instituição espera taxas de juros menores para o futuro próximo.

No entanto, algumas autoridades observaram que a taxa terminal, ou seja, a taxa na qual se espera que a inflação atinja a meta do FED de cerca de 2%, foi maior do que o esperado anteriormente.

Atas do FED impulsionam criptomoedas e índices do mercado

Após a divulgação das atas na tarde de quarta-feira (23), o S&P 500 subiu 0,4%. Os rendimentos do Tesouro norte-americano caíram e o Dow Jones Industrial Average subiu 0,2%. Já o Nasdaq subiu 0,7%.

/Artigos relacionados

Mais artigos

“Olhando as atas, não há nada de muito surpreendente com as autoridades sugerindo que diminuir o ritmo dos aumentos de juros permitiria ao FED avaliar melhor o progresso em direção a suas metas ‘dadas as defasagens incertas’ associadas à política monetária”, disse Michael Reinking, um analista estrategista do mercado da NYSE.

O Bitcoin respondeu positivamente às notícias, subindo quase 3% para cerca de US$ 16.700 nas últimas 24 horas, com o Ethereum subindo 4,75% para US$ 1.177,52. A memecoin Dogecoin subiu 4,8%, para US$ 0,082, enquanto a BNB subiu 13,2%.

Embora as atas do FED estejam geralmente desatualizadas, pois os mercados de ações já absorveram o resultado da reunião anterior, elas revelam as perspectivas da instituição sobre a economia dos EUA e fornecem informações sobre as ações futuras do banco.

Funcionários do FED denunciam o ‘lag’ incerto na resposta econômica

A ata vem com base nos dados de emprego nos EUA divulgados no último sábado (19), revelando sinais de desaceleração nas contratações. A última semana registrou 240.000 pedidos de desemprego, acima das estimativas de 225.000. Isso ocorre quando as demissões relacionadas à tecnologia e à indústria cripto inundam as notícias, estabilizando o equilíbrio entre a oferta e a demanda de empregos.

Um índice de preços ao consumidor mais baixo mês a mês em outubro de 2022 em comparação com setembro de 2022 também mostrou sinais de desaceleração da inflação. No entanto, os participantes da reunião ainda acham que é muito alto e previram que o crescimento do PIB abaixo do esperado ajudaria a equilibrar a oferta e a demanda.

“Com a inflação permanecendo muito alta e mostrando poucos sinais de moderação, os participantes observaram que um período de crescimento real do PIB abaixo da tendência seria útil para equilibrar melhor a oferta agregada e a demanda agregada, reduzindo as pressões inflacionárias e preparando o terreno para o realização sustentada dos objetivos do Comitê de máximo emprego e estabilidade de preços”, diz o relatório.

O comitê também admitiu que, apesar dos sinais da política de aumento das taxas de juros do FED afetando os preços, ainda é difícil prever a defasagem entre a ação da instituição e a resposta econômica.

  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter, Instagram e Facebook.

Atas irritam analista

O analista técnico Sven Henrich aponta a flagrante omissão de qualquer referência a uma recessão em 2023 nas atas do Federal Reserve, criticando a organização por ser desonesta.

“O FED, em essência, já sabe que está exagerando levando à recessão, mas é claro que não vai colocar isso em suas projeções econômicas que permanecem positivas. Isso a torna uma organização inerentemente desonesta, que se baseia na “manifestação” para tentar manipular as expectativas do mercado.”

De fato, o crescente spread negativo nos rendimentos do tesouro tem sido um preditor de recessões anteriores. Uma recessão pode ocorrer no primeiro trimestre de 2023, mas só será oficializada no segundo ou terceiro trimestre. No início deste mês, a diferença entre os rendimentos de 10 anos e 3 meses era de cerca de -0,4%.

“A recessão parece cada vez mais provável para o próximo ano e, se o FED responder de acordo [aumentos mais lentos], uma recessão pode se tornar curta e superficial”, disse Jeffrey Roach, da LPL Financial. Apesar do recente aumento de preço do Bitcoin, o interesse aberto nos contratos futuros de Bitcoin da CME está aumentando, pois Wall Street continua apostando na queda do preço do Bitcoin.

Fonte: CME Group

Alguns analistas acreditam que a criptomoeda atingirá a marca de US$ 10.000 antes do final de 2022. Até o momento, o BTC havia perdido ganhos anteriores e caiu 0,5% para menos de US$ 16.500.

Fonte: Coin360

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.