Ver mais

Bitcoin: Diretor jurídico da Grayscale confia na aprovação do ETF à vista de Bitcoin “em meados de outubro”

2 mins
Por David Thomas
Traduzido Thiago Barboza

EM RESUMO

  • O diretor jurídico da Grayscale, Craig Salm, antecipa mais aprovações de ETF de Bitcoin enquanto se aguarda uma vitória contra a SEC.
  • A conversão do GBTC em um ETF alinharia as ações do GBTC com o valor do ativo líquido subjacente do Bitcoin.
  • Os analistas de ETF da Bloomberg aumentaram recentemente a chance de lançamento de um ETF à vista de Bitcoin este ano para 65%.
  • promo

O diretor jurídico da Grayscale, Craig Salm, disse que a Securities and Exchange Commission (SEC) dos EUA poderá em breve aprovar os fundos negociados em bolsa (ETFs) de Bitcoin caso perca o processo da Grayscale.

Ele estima que as aprovações do ETF podem ocorrer em outubro se o juiz emitir uma decisão sobre o processo da Grayscale no próximo mês.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

A Grayscale pode levar a grandes aprovações de ETF TradFi

De acordo com Salm, várias empresas aguardam decisões sobre solicitações cuja aprovação pode ser catalisada por uma vitória da Grayscale.

No ano passado, a Grayscale processou a SEC por rejeitar seu pedido de conversão do Grayscale Bitcoin Trust em um ETF à vista. Ele contratou o ex-advogado de Obama, Donald B. Verrilli Jr., para argumentar que a decisão da SEC foi “arbitrária e caprichosa” por rejeitar um pedido citando a mesma referência de preço de Bitcoin como vários ETFs de futuros de Bitcoin aprovados.

Se a Grayscale vencer, os acionistas do GBTC podem alinhar as ações do fundo com o valor líquido dos ativos do Bitcoin.

Bitcoin: Diretor jurídico da Grayscale confia na aprovação do ETF à vista de Bitcoin "em meados de outubro"
Ações da GBTC estão sendo negociadas com desconto em relação ao Bitcoin subjacente | Fonte: Grayscale

No mês passado, BlackRock, Fidelity e outros também apresentaram pedidos à SEC para lançar ETFs de Bitcoin à vista. Além disso, seu CEO, Larry Fink, apareceu na Fox News após a solicitação para fomentar o produto.

Claramente, o arquivamento da BlackRock lista a taxa CME/CF usada por outros produtos de Bitcoin negociados em bolsa nos EUA. O preço da CME é obtido de várias bolsas confiáveis, reduzindo as chances de manipulação do mercado.

Rejeições de ETF podem ser politicamente prejudiciais para a Gensler

Os sentimentos de Salm são os mesmos dos analistas de ETF da Bloomberg, Eric Bahunas e James Seyffert, que recentemente aumentaram as chances de lançamento de um ETF de Bitcoin à vista este ano para 65%.

Os analistas sugerem que a BlackRock e os Democratas podem tornar as negações de ETF “politicamente insustentáveis” para o presidente da SEC, Gary Gensler.

Além disso, Bahunas e Seyffert apontam que a aprovação tácita da SEC dos negócios de Bitcoin da Coinbase significa uma postura mais branda de Gensler. Anteriormente, Gensler também disse que o Bitcoin poderia ser uma commodity.

Unidas, as análises apresentam indícios de que a regulamentação e execução das leis para o Bitcoin podem acontecer fora da SEC.

Enquanto isso, a Grayscale ganhou US$ 40 milhões em receitas de seu GBTC e Ethereum Trusts em julho.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados