Ver mais

Bitcoin cresceu 35% desde a invasão da Ucrânia

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • O Bitcoin subiu 35% desde o início da invasão russa na Ucrânia.
  • De acordo com o Bespoke Investment Group, haverá uma nova alta no preço.
  • Analistas preveem dois níveis de resistência em US$ 52.000 e US$ 65.000.
  • promo

Depois que o presidente russo Vladimir Putin declarou guerra à Ucrânia no dia 24 de fevereiro de 2022, houve um aumento na compra de criptomoedas, resultando em mais de US $ 500 milhões em perdas, seguido por uma tendência de alta no preço.

Apesar das pressões geopolíticas, o Bitcoin subiu 35% desde a invasão russa, tendo um bom desempenho como um ativo de refúgio seguro para especuladores esperançosos do mercado. Will Clemente, um dos principais analistas de insights da empresa de Blockchain-As-A-Service Blockware, observou que

“O Bitcoin subiu 35% desde que a Rússia entrou na Ucrânia. Ele fechou acima da base de custos de curto prazo pela primeira vez desde 3 de dezembro. Difícil haver baixa enquanto o BTC estiver acima”.

O preço do Bitcoin subiu 6,9% nas últimas 24 horas e 15,5% na semana anterior, sendo negociado a US$ 47.663,79, a alguma distância das faixas de U $ 35.000 a US$ 45.000 que ele negociou a partir de janeiro de 2022.

O Bitcoin também subiu aproximadamente 2% no ano, em comparação com o S&P500, que caiu 4,7% em 2022. O Bitcoin pode experimentar o próximo nível de resistência em US $ 52.000, além do qual pode chegar a US$ 65.000, opina Fadi Aboualfa do Copper.

Outros sentimentos de alta vieram de Rick Bensignor, da Bensignor Investment Strategies, que disse ontem que o Bitcoin está “prestes a subir 20%”.

Outras criptomoedas também estão se recuperando, com o Ethereum subindo 3,7% para US$ 3.358 na segunda-feira e SOL, AAVEDogecoin marcando ganhos entre 5,5% e 9,4%.

Por que os sentimentos de alta?

É possível que a tendência de alta no preço do Bitcoin seja o resultado dos comentários da secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, de que a criptomoeda tem benefícios. Rumores nas redes sociais também sugerem que a negociação estava sendo feita por baleias da Luna Foundation Guard. Ela planeja apoiar o token nativo da blockchain Terra com mais de US$ 10 bilhões em reservas de Bitcoin.

O Bitcoin vem se movendo dentro de uma faixa apertada à medida em que os bancos centrais retiram pacotes de estímulos injetados durante a pandemia COVID-19, deixando menos dinheiro descartável para ativos notavelmente mais arriscados, como o bitcoin.

Tanto o Bitcoin quanto o Ethereum seguiram a tendência de alta das ações dos EUA, embora com margens menores.

“À medida em que testamos o topo. da faixa de negociação de 2022 pela quinta vez, este é mais um desses momentos do Bitcoin em que a narrativa pode mudar rapidamente e os investidores se acumulam, impulsionando o preço do bitcoin mais alto”o co-fundador da Nexo, Antoni Trenchev.

Bitcoin foi “sobrecomprada”, diz Bespoke

De acordo com o Bespoke Investment Group, o Bitcoin esteve na faixa de sobrecompra, pois negociou bem acima de sua média móvel de 50 dias, que era US$ 41.085 na última semana. Geralmente, isso precede uma queda nos preços de muitos ativos, mas com o Bitcoin, um estado sobrecomprado precede uma alta nos preços.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

david-thomas.jpg
David Thomas
David Thomas formou-se na Universidade de Kwa-Zulu Natal, em Durban, África do Sul, com honras em engenharia eletrônica. Ele trabalhou como engenheiro por oito anos, desenvolvendo software para processos industriais na Autotronix (Pty) Ltd., especialista em automação da África do Sul, sistemas de controle de mineração para a AngloGold Ashanti e produtos de consumo na Inhep Digital Security, uma empresa de segurança doméstica de propriedade integral do conglomerado sueco Assa Abloy. Ele tem...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados