Vítima envia US$ 100.000 em Bitcoin para carteira falsa de Michael Saylor

Atualizado por Júlia V. Kurtz
EM RESUMO
  • Carteira falsa tem cerca de US$ 650.000 em Bitcoin.
  • Não é a primeira vez que entusiasta do Bitcoin é usado para golpe com o ativo
  • Prejuízo chegou a quase US$ 100.000.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

Um usuário enviou quase US$ 100.000 em Bitcoin para uma carteira falsa usada em golpes com o nome do CEO da MicroStrategy, Michael Saylor.

Essa não é a primeira vez que o nome do CEO da MicroStrategy é usado para esse tipo de cibercrime. No Twitter, o usuário Mr. Whale fez o alerta com a foto da transação da transferência de dois Bitcoin para a carteira, que é usada em golpes com o nome de Michael Saylor.

Assim como as pirâmides e desfalques criminosos não são incomuns no mercado financeiro tradicional, no universo dos criptoativos não é diferente. Truques como o usado neste caso, de falsificação de identidade estão se tornando uma ameaça crescente na comunidade cripto.

Michael Saylor ainda não havia se manifestaro sobre o caso até o fechamento deste artigo.

Como são os golpes

O sorteio falso é um dos tipos de golpes mais populares e eficazes, no qual o fraudador promete retornar várias vezes a quantidade de criptomoeda que as vítimas lhes enviam. Os fraudadores de brindes fingem ser uma pessoa famosa ou representam uma empresa confiável para ganhar a confiança da vítima e são principalmente ativos no Youtube, Telegram e Twitter

Um dos últimos sites detectados pelo Scam Alert, que monitora e faz alertas desse tipo de fraude, estava ativo este mês de dezembro de 2021 com cerca de US$ 650.000 em Bitcoin depositados. A transação em particular chamou a atenção quando uma entidade desconhecida enviou dois BTC nesta quinta-feira, 16 dezemebro no valor de quase
US$ 100.000 para o endereço associado ao golpe.

Michael Saylor já fez alerta contra golpes usando seu nome no Youtube

No final de novembro, Michael Saylor, que se tornou a figura mais usada para atrair vítimas, advertiu seus seguidores no Twitter a não acreditarem em sites ou anúncios falsos que usam a sua imagem, após um usuário perder 3 Bitcoin ao acreditar em um falso anúncio que usava Saylor como destaque.

Elon Musk e grandes instituições do mundo financeiro também já foram usados nessas atividades ilícitas.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.