Ver mais

Bitcoin (BTC) volta a se aproximar de US$ 60.000

2 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Bitcoin está sendo negociado dentro de um canal paralelo de alta.
  • Criptomoeda está seguindo uma linha de tendência de baixa de curtíssimo prazo.
  • Há suporte de longo prazo entre US$ 53.700 - US$ 54.300.
  • promo

O Bitcoin (BTC) corre o risco de romper abaixo de uma importante área de suporte de curto prazo, o que pode causar uma queda acentuada de preço.

O Bitcoin tem sido negociado dentro de um canal paralelo de alta desde 20 de outubro. Recentemente, ele não conseguiu ultrapassar a linha de resistência deste canal em 10 de novembro e começou um movimento de queda. Isso levou a uma mínima de US$ 58.373 feita na quarta-feira (17). O fundo foi feito na área de suporte horizontal de US$ 59.700.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Ainda não está claro se a linha de suporte deste canal foi rompida ou ainda está em vigor, que atualmente coincide com o suporte horizontal de US$ 59.700.

O candle diário de quarta-feira (ícone verde) parece extremamente otimista, uma vez que negou toda a queda anterior do gráfico de seis horas e mais um pouco. Além disso, ocorreu bem na área de suporte horizontal de US$ 59.700, aumentando ainda mais sua importância.

No entanto, os indicadores técnicos são de baixa, visto que tanto o MACD quanto o RSI estão caindo. O MACD usa médias móveis (MA) para determinar a direção da tendência e o fato de que é atualmente negativo indica uma tendência de baixa.

Da mesma forma, o RSI, que é um indicador de força de tendência, está abaixo de 50 e em risco de cair abaixo de 30, também sinais de uma tendência de baixa. Portanto, o gráfico de seis horas oferece sinais ambíguos.

Gráfico do BTC no TradingView

Movimentação de curto prazo

O gráfico de duas horas oferece uma perspectiva um pouco mais otimista, devido às leituras do MACD e RSI. Ambos estão subindo, e o MACD está perto de cruzar em território positivo, enquanto o RSI está logo abaixo de 50.

Se ocorrer um movimento de alta no curto prazo, a área de resistência mais próxima seria encontrada entre US$ 62.400 e US$ 63.300. Esses alvos são a área de retração de 0,5 – 0,618 de Fibonacci.

Gráfico do BTC no TradingView

O gráfico de três minutos mostra que o Bitcoin ainda segue uma linha de tendência de baixa. Para que um movimento de alta comece, o ativo tem que romper acima desta linha.

Gráfico do BTC no TradingView

Bitcoin pode cair ainda mais?

O gráfico diário mostra que o Bitcoin está sendo negociado um pouco acima do nível de de retração de 0,382 de Fibonacci, em US$ 57.850.

Se um rompimento abaixo desse nível ocorrer, a área de suporte mais próxima seria entre US$ 53.700 – US$ 54.300. Este seria o nível de retração de longo prazo de 0,382 (preto) e o de retração de curto prazo de 0,5 (branco). Em seguida, espera-se que o Bitcoin retome sua tendência de alta.

Gráfico do BTC no TradingView
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

71b08b54e2d626bfb094ea1debec4e96.jpg
Valdrin Tahiri
Valdrin descobriu as criptomoedas quando estava fazendo seu mestrado em mercados financeiros na Barcelona School of Economics. Pouco depois de se formar, ele começou a escrever para vários sites diferentes relacionados a criptomoedas como freelancer antes de assumir a função de analista sênior da BeInCrypto. (Não tenho uma discórdia e não entrarei em contato com você primeiro por lá. Cuidado com os golpistas)
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados