Ver mais

Bitcoin (BTC): para aonde vai o preço após quebra de suporte de longo prazo?

2 mins
Por Valdrin Tahiri
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • O preço do Bitcoin (BTC) quebrou de um padrão de longo prazo em 10 de maio.
  • A contagem de ondas e a ação de preço sugerem que é provável que haja mais queda.
  • Um fechamento acima de US$ 30.000 invalidará essa previsão de baixa.
  • promo

O preço do Bitcoin (BTC) quebrou de um padrão de longo prazo em 10 de maio. Depois de validá-lo como resistência na terça-feira (23), a taxa de queda acelerou acentuadamente.

Embora possa ocorrer um salto de curto prazo, a ação de preço e a contagem de ondas no gráfico diário sugerem que o Bitcoin irá cair ainda mais até atingir o fundo desse movimento de queda.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Bitcoin retoma queda após quebra

A análise técnica do gráfico diário mostra que o preço do BTC caiu de um padrão de ombro-cabeça-ombra. Isso é considerado um padrão de baixa. Assim, a quebra era esperada.

Após a quebra de 10 de maio, o preço oscilou logo abaixo do decote do padrão por aproximadamente duas semanas. Depois, validou essa linha como resistência (ícone vermelho) na última terça-feira e caiu drasticamente. Isso confirmou a validade da quebra do padrão gráfico.

Bitcoin (BTC): para aonde vai o preço após quebra de suporte de longo prazo?
Gráfico do BTC no TradingView

Além disso, o RSI dá uma leitura de baixa. Os traders e investidores usam o RSI como um indicador para identificar condições de sobrecompra ou sobrevenda e com isso decidir se acumulam ou vendem esse ativo.

Leituras acima de 50 e uma tendência de alta indicam que os compradores ainda têm vantagem, enquanto leituras abaixo de 50 sugerem o contrário. O indicador está abaixo de 50 e diminuindo, ambos os sinais associados a uma tendência de baixa.

Previsão de preço: aonde a queda irá parar?

Um olhar mais atento ao movimento mostra que, além da ação do preço, a teoria de Ondas de Elliott e os níveis de Fibonacci também apoiam a continuação do movimento de queda.

Em primeiro lugar, a ação de preço indica que, se a quebra tiver o mesmo comprimento (branco) que o padrão de ombro-cabeça-ombro, o preço atingirá um fundo próximo a US$ 24.000.

Em segundo lugar, a contagem de ondas sugere que o preço está em uma estrutura corretiva complexa W-X-Y. Ao estudar padrões recorrentes de preços de longo prazo e a psicologia dos investidores, os analistas técnicos utilizam a teoria de Ondas de Elliott para determinar a direção da tendência. Se a contagem estiver correta, o preço aumentará no curto prazo antes de cair novamente.

Finalmente, há uma confluência dos níveis de suporte entre US$ 23.200 e US$ 23.900, criados pelo nível de 0,618 de Fibonacci de curto prazo (branco) e pelo nível de 0,5 (preto) de longo prazo.

O princípio por trás dos níveis de retração de Fibonacci sugere que, após um movimento considerável em uma direção, o preço irá refazer ou voltar parcialmente a um nível de preço anterior antes de continuar em sua direção original.

Bitcoin (BTC): para aonde vai o preço após quebra de suporte de longo prazo?
Gráfico do BTC no TradingView

Apesar dessa previsão de baixa do preço do BTC, um fechamento acima de US$ 30.000 significará que a tendência de longo prazo ainda é de alta.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados