Bitcoin (BTC) cai abaixo de US$ 22.000 e testa nível de suporte

19 agosto 2022, 10:09 -03
19 agosto 2022, 10:09 -03
EM RESUMO
  • Bitcoin caiu de volta para a área de suporte de US$ 21.500.
  • Ativo está dentro de um canal paralelo de alta.
  • BTC está em um estrutura corretiva A-B-C.
  • promo

O Bitcoin (BTC) atingiu uma mínima local de US$ 21.447, continuando seu movimento de queda iniciado na segunda-feira (15).

O Bitcoin estava em tendência de alta desde que atingiu uma mínima local de US$ 17.622 em 18 de junho. Esse movimento, no entanto, formou um topo em US$ 25.211 no dia 12 de agosto.

Seu preço está caindo desde então e está no processo de criar um grande candle de baixa. Nesta sexta-feira (19), o BTC caiu de volta ao nível de suporte perto de US$ 21.447 e se recuperou ligeiramente.

Apesar do salto, a perspectiva do gráfico diário parece de baixa. A principal razão para isso é o RSI diário, que quebrou sua linha de tendência de alta (linha verde) que estava em vigor desde as mínimas de 18 de julho. Esses rompimentos geralmente precedem uma queda no preço.

Se for esse o caso, espera-se que o Bitcoin rompa sua linha de tendência de alta de preço.

Gráfico do BTC no TradingView

Padrão de curto prazo

O gráfico de seis horas mostra que o BTC está sendo negociado dentro de um canal paralelo de alta desde a mínima de 18 de junho. Esses canais geralmente contêm padrões corretivos, o que significa que um eventual rompimento abaixo do canal seria esperado.

O Bitcoin gerou uma divergência de baixa na linha de resistência desse padrão na segunda-feira e vem caindo desde então. Ele também caiu abaixo de uma linha de tendência de alta de curto prazo logo depois.

A linha de suporte do canal está atualmente perto de US$ 21.000. Se o BTC cair abaixo disso, poderá facilmente gerar novas mínimas de preço.

Gráfico do BTC no TradingView

Contagem de ondas do Bitcoin

A contagem de ondas de curto prazo mais provável sugere que o Bitcoin completou uma diagonal principal. Isso teria causado a forma de cunha de alta e o rompimento que se seguiu. A quebra da cunha sugere que isso faz parte da onda A de uma estrutura corretiva A-B-C.

O BTC recentemente caiu para o nível de retração de 0,5 de Fibonacci em US$ 21.400 e saltou logo depois. O cenário mais provável para a tendência futura é que o ativo agora corrija na onda B antes de outra eventual retração.

A contagem de ondas de longo prazo mais provável ainda sugere que um fundo de preço já foi atingido.

Gráfico do BTC no TradingView

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.