Ver mais

Binance vai usar Lightning Network para transferências de Bitcoin (BTC)

3 mins
Por Luis Esparragoza
Traduzido Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • A Binance reconheceu que possui um nó na Ligahtning Network.
  • A exchange deve adotar a rede para transações em Bitcoin (BTC).
  • O congestionamento da rede do BTC devido ao Ordinals teria sido o empurrão final para a adoção.
  • promo

A Binance, a maior exchange de criptomoedas do mundo, vai usar a Lightning Network para transferências de Bitcoin (BTC).

A confirmação ocorre em seguida à descoberta de um nó na Lightning com o mesmo nome da empresa, que aconteceu há uma semana.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Binance integra Lightning Network

Na sexta-feira (16), a empresa AmbossTech, que oferece serviços de exploração e operação da Lightning Network, afirmou ter encontrado um nó que seria da Binance.

Em seguida, no Twitter, a empresa parabenizou a exchange e seu CEO, Changpeng Zhao: “Bem-vindo à Lightning Network”.

A exchange não respondeu ao tuíte, mas recorreu ao microblog para confirmar o nó:

“A Binance está trabalhando na integração da Lightning Network para depósitos e saques. Alguns usuários com olhos de águia notaram nossos nós da Lightning. Sim, são nossos! No entanto, ainda há muito trabalho técnico a ser feito. Daremos uma atualização quando a Lightning estiver totalmente integrada”.

A adoção da Lightning seria um acréscimo a um acelerador de transações que a Binance lançou há pouco tempo.

Binance vai usar Lightning Network para transferências de Bitcoin (BTC)
Fonte: Mempool.Space

O motivo por trás da adoção

Os rumores de que Binance adotaria a Lightning Network surgiram no dia 7 de maio. Naquela época, a rede Bitcoin estava com congestionamento alto, o que atrasava a confirmação das transações on-chain, além de aumentar os custos de comissão.

A exchange precisou suspender os saques de Bitcoin (BTC) e acrescentou que explorava soluções, uma delas sendo a Lightning Network.

A febre pelos Ordinals, protocolo que permite inserir informações na blockchain do Bitcoin, parece estar na origem dessa decisão. Os Ordinals congestionaram a rede Bitcoin e aumentaram suas taxas de transação desde novembro de 2022.

Essa situação coloca uma indústria que percebe o Bitcoin (BTC) como tecnologia monetária em uma situação difícil, ao contrário dos entusiastas do Ordinals, que também o veem como apto a fazer muito mais.

Binance vai usar Lightning Network para transferências de Bitcoin (BTC)
Fonte: Ordinals.Market

Ou seja, o Ordinais teria criado uma situação que fez com que a Binance respondesse com a adoção da Lightning Network.

“No início de maio, tivemos comissões em Bitcoin que ultrapassaram US$ 25 por transação. Embora a Binance não seja a primeira exchange a adotar a Lightning Network, é a maior a fazê-lo. Certamente é uma consequência inesperada do congestionamento causado pelos Ordinais, que considero excelente”, explica o líder da comunidade Ordinals na América Latina, Elián Huesca.

Para ele, esse tipo de congestionamento de rede “é um incentivo para inovar em novas formas de dimensionar o Bitcoin”:

“No debate sobre se os Ordinais são bons ou não, o que vemos é que eles estão funcionando como um catalisador para o desenvolvimento do Bitcoin, o que acho ótimo e algo a se prestar atenção. Goste ou não, os Ordinais estão aqui para ficar’.

A Binance também  adotou os Ordinais, com a listagem dos colecionáveis em seu mercado NFT.

Como é o nó da Binance?

Conforme o explorador da AmbossTech, o nó da Binance na Lightning Network já tem capacidade para 30 BTC distribuídos entre 5 canais de pagamento. Esse valor equivale a mais de US$ 800.000.

O nó da Binance é classificado como o 54º maior da rede em termos de capacidade, de acordo com o explorador.

Além disso, exchanges como Bitfinex, Ripio, Kraken e OKX também tem canais da Lightning Network com o nó da Binance.

A Amboss Tech informa que ainda não é possível abrir canais com o nó da Binance, pois ainda falta divulgar as informações necessárias.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados