Ver mais

Binance e vazamento da IA da Meta nas notícias da manhã – Bom dia, cripto!

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • A Binance possui US$ 64 bilhões em reservas, de acordo com a Nansen.
  • Maior parte do dinheiro é composta de Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH).
  • A Meta luta para remover da web cópias não autorizadas da IA LLaMA, que vazou.
  • promo

Bom dia, amantes de criptomoedas! O navio da indústria cripto continua navegando em águas turbulentas, mas se mostra resiliente perante novos acontecimentos. Se você quer saber mais sobre as ondas que balançam o mercado, confira estas notícias que o BeInCrypto separou para você!

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Binance tem mais de US$ 64 milhões em reservas on-chain

Dados da empresa de análise de blockchain Nansen apontam que a Binance possui cerca de US$ 64 bilhões registrados on-chain.

A maior parte desse dinheiro é composta de Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH). O balanço da exchange na maior criptomoeda do mundo é de 1,2 milhões, com valor aproximado de US$ 48 bilhões.

Fonte: Nansen

Já o valor em ETH é de 4,1 milhões, que valem cerca de US$ 12,3 bilhões. O resto das reservas, US$ 3,7 bilhões, é composto de outras criptomoedas.

Os valores indicam que a posição da Binance no mercado é estável. Ainda assim, a exchange sofreu com a retirada de valores após o anúncio da CTFC de que vai processar ela e seu CEO, Changpeng Zhao,

Comunidade usa blockchain para resistir a investidas da Meta sobre IA

O Bitcoin Ordinals e serviços de torrent estão sendo usados para registrar cópias do LLaMA, o modelo de inteligência artificial da Meta. Uma cópia do software foi vazada na internet e sua criadora tenta desesperadamente impedir sua distribuição.

Os serviços foram usados para o registro devido à natureza imutável da blockchain. Além disso, os repositórios de torrent são, por natureza, descentralizados, o que dificulta o rastreamento.

O objetivo dos desenvolvedores envolvidos no projeto é criar um sistema resistente à censura e que permita compartilhar modelos de linguagem.

A Meta, por outro lado, quer destruir estas cópias não autorizadas. Para isso, ela está usando o DMCA, a lei americana que prevê a proteção de copyright na internet.

O vazamento do Llama ocorreu uma semana depois de a Meta compartilhar uma versão open-source com pesquisadores. Para alguns deles, o software é melhor que o GPT-3, o já ultrapassado modelo da OpenAI. Além disso, ele é capaz de operar em hardware acessível ao consumidor médio.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados