Ver mais

Urgente Binance compra FTX e salva exchange de crise

3 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Acordo foi anunciado pelos CEOs das duas exchanges nesta terça-feira (8).
  • "A FTX pediu nossa ajuda. Há uma significante crise de liquidez”, disse CZ, líder da Binance.
  • Binance pode agora ampliar ainda mais o seu domínio no mercado cripto.
  • promo

Segundo Changpeng Zhao (CZ), líder da Binance, a crise de liquidez que a corretora de Sam Bankman-Fried (SBF) enfrenta foi o que motivou a venda da FTX para a sua rival.

Por meio de seus perfis no Twitter, os dois empresários anunciaram o acordo entre as exchanges nesta terça-feira (8). Enquanto SBF disse que sua empresa firmou “uma transação estratégica” com a Binance, CZ disse que “nesta tarde, a FTX pediu nossa ajuda. Há uma significante crise de liquidez”.

O líder da maior exchange de criptomoedas do mundo ainda destacou que ambas as empresas assinaram uma carta de intenção não vinculativa, com um processo completo de due diligence para que a Binance adquira completamente a FTX e solucione sua crise de liquidez sendo iniciado nos próximos dias.

“Há muito o que cobrir e levará algum tempo. Esta é uma situação altamente dinâmica, e estamos avaliando a situação em tempo real. A Binance tem o poder de desistir do negócio a qualquer momento. Esperamos que o FTT seja altamente volátil nos próximos dias à medida que as coisas se desenvolvem.”

Binance vence queda de braço

A FTX passou a ser vista como a principal candidata a roubar o protagonismo da Binance na indústria cripto. A exchange conseguiu enorme destaque devido aos seus acordos multimilionários de patrocínio, apresentando fortes números de crescimento nos últimos anos. A própria empresa e SBF aproveitaram o inverno cripto atual para “irem as compras” e adquirir outras empresas do setor que passavam por dificuldades.

Porém, o mercado passou a olhar a exchange e o seu CEO com desconfiança nos últimos dias, após uma matéria do CoinDesk revelar que o balanço patrimonial da empresa parceira da FTX, a Alameda Research, era em grande parte composto de ativos sem liquidez. Entre eles, estava o próprio token da exchange, o FTT.

O token também foi pivô de um possível entrave entre SBF e CZ, ao ser divulgado que o líder da Binance e a sua empresa estavam se desfazendo de suas posições no ativo. Segundo fontes, Zhao não concordaria com os apelos que Bankman-Fried tem feito para que haja uma maior estrutura regulatória cripto nos Estados Unidos. Nenhum dos dois quis colocar lenha na fogueira sobre as possíveis desavenças, mas o CEO da Binance comparou a situação a um divórcio, comparando o token com a Terra (LUNA).

“A liquidação do nosso FTT é apenas uma gestão de risco pós-saída, aprendendo com a LUNA. Demos apoio antes, mas não vamos fingir fazer amor depois do divórcio. Não somos contra ninguém. Mas não apoiaremos pessoas que fazem lobby contra outros players do setor pelas costas. Em diante.”

Após anunciar a venda de sua empresa, SBF voltou a colocar panos quentes na situação. “Eu sei que houve rumores na mídia de conflito entre nossas duas exchanges, no entanto, a Binance mostrou repetidamente que está comprometida com uma economia global mais descentralizada enquanto trabalha para melhorar as relações da indústria com os reguladores. Estamos nas melhores mãos.”

O empresário ainda observou que a FTX.US não faz parte do acordo de aquisição, e que a correta segue realizando saques e depósitos sem apresentar problemas de liquidez.

Tokens disparam

Dados do TradingView mostram que o FTT chegou a disparar cerca de 70% após a venda da FTX para a Binance ser anunciada, atingindo um topo em US$ 24. Desde então, seu preço vem corrigindo, estando atualmente em US$ 17,80.

Já o BNB chegou a disparar 20% após o anúncio, apesar de também estar sofrendo uma correção desde então. A ação de preço de ambos mostra que o mercado vê com bons olhos a compra, em especial por CZ não ser um defensor tão ávido da regulamentação cripto.

Porém, ao comprar a FTX em busca de uma maior descentralização, o empresário acaba centralizando ainda mais a indústria em torno de sua empresa. Agora, a Binance poderá ampliar ainda mais a sua liderança entre as exchanges.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados