Ver mais

Base prevê redução de até 100 vezes na taxa do Ethereum após o fork Dencun

2 mins
Atualizado por Thiago Barboza

O novo fork Dencun anuncia uma nova era para a Ethereum, que poderá reduzir significativamente as taxas de transação em até 100 vezes. Uma dor antiga do ecossistema cripto.

Essa atualização fundamental, apoiada pelo suporte da rede Base layer 2 da Coinbase desde o primeiro dia, pretende enfrentar um dos desafios mais urgentes no espaço do blockchain: as altas taxas de transação.

Dencun está programado para 13 de março

A atualização do Dencun, programada para 13 de março, está definida para revolucionar o setor de blockchain, aprimorando a eficiência e a escalabilidade, com o EIP-4844 ou proto-danksharding em seu núcleo.

A Base, em colaboração com a Optimism, Ethereum Foundation e outras equipes importantes de desenvolvimento do núcleo da Ethereum, estão juntas na vanguarda dessa iniciativa transformadora. Nos últimos dois anos, essas equipes se dedicaram ao EIP-4844, para aumentar a capacidade de disponibilidade de dados para rollups.

Leia mais: Bitcoin e mais 3 criptomoedas que podem atingir novos recordes em maio

Espera-se que esse esforço reduza drasticamente as taxas de transação para soluções L2 da Ethereum como a Base.

“Acreditamos que transações rápidas e acessíveis em um L2 seguro e descentralizado são essenciais para permitir que todos, em qualquer lugar, entrem na cadeia”, afirmou um porta-voz da Base.

As taxas médias de transação da Ethereum subiram para quase US$ 2,30, refletindo um aumento de quase 200 vezes em relação ao ano anterior. Isso destaca a urgência de soluções escalonáveis e econômicas.

Base prevê redução de até 100 vezes na taxa do Ethereum após o fork Dencun
Taxas médias de transação da Ethereum. Fonte: YCharts

Dencun para reforçar as soluções de camada 2

A atualização da Dencun introduz transações com blob-carrying, uma nova abordagem que reduz drasticamente o espaço de armazenamento de dados na camada de consenso, armazenando dados fora da cadeia e referenciando-os por meio de um hash.

Esse método simplifica a verificação da transação e reduz significativamente os custos. Os analistas esperam que as taxas de transação caiam para um valor perto dos US$ 0,02.

Uma redução significativa das taxas deve acelerar a adoção do roteiro de roll-up da Ethereum. E também deve tornar as soluções L2 muito mais atraentes e competitivas.

“Prevê-se que essa atualização tão esperada reduza os custos dos L2s da Ethereum em pelo menos 10 vezes, tornando a Ethereum mais escalável e eficiente”, observa o chefe de pesquisa da IntoTheBlock, Lucas Outumuro.

Por esse motivo, a comunidade de blockchain aguarda ansiosamente a atualização do Dencun. As iniciativas da Base e de seus pares destacam o esforço coletivo em prol de um ecossistema mais dimensionável, eficiente e econômico.

De modo geral, esse espírito colaborativo está abrindo caminho para novos aplicativos e casos de uso, desde jogos na cadeia até trocas de livros de pedidos com limites fechados, promovendo assim uma economia mais vibrante na cadeia.

Melhores plataformas de criptomoedas | Maio de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

kyle-baird.png
Kyle Baird
Kyle migrou da Costa Leste dos EUA para o Sudeste Asiático depois de se formar na Universidade de East Stroudsburg, na Pensilvânia, com um diploma de Bacharel em Ciências em 2010. Seguindo os passos de seu avô, Kyle começou a comprar ações e metais preciosos na adolescência. Isso despertou seu interesse em aprender e escrever sobre criptomoedas. Ele começou como redator da Bitcoinist em 2016 antes de assumir a função de editor na BeInCrypto no início de 2018.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados