Baleia move US$ 1,9 bilhão em Bitcoin e paga somente US$ 3,50 em taxas

Atualizado por Anderson Mendes
EM RESUMO
  • O 12º maior detentor de Bitcoin realizou uma transferência de 44.979 BTC para duas carteiras anônimas.
  • Para mover as unidades da criptomoeda, que atualmente valem US$ 1,9 bilhão, usuário teve que pagar somente US$ 3,56 em taxas.
  • Analisar a movimenteção das maiores baleias é considerado algo importante no mercado.
  • promo

    Comece agora a ganhar até 8% anuais com o novo programa de Staking da Stormgain!Entre hoje no nosso Telegram!

Um grande investidor realizou uma transferência de 44.979 unidades de Bitcoin (BTC) para duas carteiras anônimas.

Uma das grandes baleias de Bitcoin do mercado, em 12º no ranking de maiores detentores do ativo no mundo, realizou uma movimentação surpreendente na última semana.

Conforme observado pelo Blockstream Explorer, site que análise dados referentes a blockchain, a quantia que representa quase US$ 2 bilhões foi enviada para dois endereços. O primeiro recebeu 44.612 BTC, enquanto o restando foi enviado para uma carteira que possui um longo histórico de transações na criptomoeda.

Além do alto valor transferido pela baleia de Bitcoin, chama a atenção o fato das transações terem custado somente US$ 3,56 para serem cobrados. Isso mostra o quão democrática e acessível a rede da criptomoeda é capaz de ser para os seus usuários ao oferecer pequenas taxas.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

Movimentação das baleias

A análise das movimentações com a desta baleia de Bitcoin é vista como algo importante no mercado, pois esses usuários são os que mais possuem chance de impactar, seja de forma positiva ou negativa, o preço de um ativo.

Enquanto grandes ordens de transferência desses investidores para endereços de exchanges pode indicar uma possível queda do mercado, a retirada de ativos para endereços de carteira fria em períodos de alta é visto como um sinal de alívio e continuação da tendência atual.

Sobre o Bitcoin, desde outubro esses grandes investidores têm acumulado cada vez mais moedas, mesmo com o preço do ativo passando por períodos de correção neste período. Também tem chamado atenção a busca cada vez maior pela Dogecoin (DOGE), que recentemente voltou a figurar no top 10 de moedas em maior posse das baleias da Binance Smart Chain.

Bitcoin recupera queda da última semana

Após fechar a semana passada em leve queda, a maior criptomoeda do mundo conseguiu se recuperar no início desta semana após atingir o suporte de US$ 42.000.

Nas últimas 24 horas, o Bitcoin acumula uma alta de 4,7%, segundo dados do CoinGecko. Apesar de estar acima de US$ 44.000 no fechamento desta matéria, ainda não há sinais claros sobre quais serão os próximos movimentos em seu preço.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.