Ver mais

Axie Infinity vai apostar no “longo prazo para “recuperar fundos roubados”, diz desenvolvedor

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • A Sky Mavis disse que pode levar cerca de dois anos para recuperar os fundos roubados.
  • Desenvolvedora só será capaz de recuperar uma parte desses fundos.
  • Hacker da Ronin já começou a movimentar parte dos fundos.
  • promo

A desenvolvedora da Axie Infinity, Sky Mavis, revelou que recuperar fundos roubados pode levar dois anos, mas está pronta para fazer isso.

Durante a NFT LA, a plataforma P2E revelou que foi vítima de um hack que resultou na perda de mais de US$ 600 milhões em criptomoedas – o maior até o momento. Embora o Axie Infinity tenha sido capaz de levantar dinheiro dos investidores para reembolsar algumas vítimas que perderam seus fundos, ele também sabe que terá um longo caminho pela frente até recuperar uma parte das criptomoedas roubadas.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Na quinta-feira(7), o diretor de operações da Sky Mavis, Aleksander Leonard Larsen, conversou com a Bloomberg, eexplicou que a recuperação dos fundos pode ser um processo demorado.

“O que estamos assumindo nos próximos dois anos é que alguns fundos serão recuperados”, disse Larsen.

Ele acredita que é tempo suficiente para obter mais informações sobre o hack, enfatizando a prontidão da empresa para resolver o problema a longo prazo: “Dois anos para a Axie é um bom momento para conseguirmos mais informações. Estamos aqui para jogar o jogo longo.

Atualmente, a Sky Mavis está trabalhando com a polícia para rastrear os tokens roubados, mas não ofereceu nenhuma atualização sobre a investigação. Recuperar os fundos será um grande impulso para a empresa, dado que ela teve que tirar US$ 450 milhões de seu balanço para reembolsar todos os afetados.

No entanto, as chances de recuperar os fundos são muito pequenas com base em precedentes. Dado que o ETH tem sido o principal sujeito de roubo, dados on-chain revelam que uma parte foi movida para o mixer de Ethereum Tornado Cash.

A realidade de não obter uma “recuperação completa”

A Sky Mavis domou as expectativas da plataforma apenas esperando para recuperar parte do saque. De acordo com o principal investigador da Merkle Science, Rishav Rai, é raro que os lucros de grandes hacks de criptomoedas como estes sejam totalmente recuperados; mas também é um desafio para os hackers liquidar os ativos roubados.

Mixers cripto como o Tornado Cash não são construídos para este volume de dinheiro, e é mais fácil detectar qualquer movimento de grandes quantidades de criptomoedas entre carteiras ou para uma exchange centralizada. É por isso que não é surpresa a última vez que alguém roubou tanto dinheiro, eles devolveram a maioria dos fundos.

Enquanto a Sky Mavis está fazendo planos para reembolsar os usuários, muitos outros estão deixando a plataforma, que antecedeu o hack de março devido à queda da plataforma nas recompensas do jogo. O nível desses hacks mostra a vulnerabilidade das plataformas cripto, que já levou a mais de US$ 1 bilhão em hacks no primeiro trimestre deste ano.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

c5f99d53d851d3ce6695261d949ad2fb.png
Oluwapelumi Adejumo
Oluwapelumi acredita que a tecnologia Bitcoin e blockchain tem o potencial de mudar o mundo para melhor. Ele é um leitor ávido e começou a escrever sobre criptografia em 2020.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados