Ver mais

As consequências da inteligência artificial (IA) no marketing cripto, se ele não se adaptar

2 mins
Por David Thomas
Traduzido Júlia V. Kurtz

O marketing cripto pode passar por um período complicado à medida que as ferramentas generativas de inteligência artificial (IA) se tornam mais poderosas. Os freelancers por trás do design gráfico e da redação serão os que correm perigo imediato, a menos que se adaptem, sugere um estudo recente.

No entanto, o estudo também sugere que eles ainda podem ter um papel a desempenhar. Os reguladores das principais economias têm regras estritas sobre a linguagem do material de marketing financeiro.

Desafios no marketing cripto com inteligência artificial (IA)

Apesar dos seus aplausos, a IA pode criar anúncios que violam a ética dos investidores, colocam ativos em perigo com informações incorretas ou apresentam divulgações inadequadas. O material gerado também pode herdar práticas discriminatórias ou predatórias sutis de campanhas de marketing anteriores.

Em um ponto em em que a indústria enfrenta cicatrizes na reputação decorrentes da lavagem de capitais e de fraude, o marketing equivocado com IA ​​pode fazer com que os usuários percam mais a fé na indústria.

Por exemplo, as autoridades de Hong Kong começaram a investigar uma exchange com advertências proeminentes sobre fraude e danos aos consumidores. Os clientes da FTX estão tentando recuperar fundos dos promotores da FTX, que supostamente foram parcialmente responsáveis ​​por suas perdas quando a bolsa entrou em colapso.

Mas, as ferramentas de IA estão preparadas para se tornarem ainda mais poderosas. O CEO da OpenAI, Sam Altman, anunciou o lançamento de seu quinto modelo de IA em uma conferência, o que sugere que as promoções geradas por IA se tornarão mais comuns.

Embora possa ser tentador atribuir o marketing de cripto à IA, estudos mostraram que ele é mais eficaz em tarefas menos especializadas. É quando as tarefas exigem a compreensão do contexto de uma consulta que a capacidade humana é superior. Nuances sutis na interpretação de perguntas muitas vezes permitem que pessoas deem respostas melhores.

Reguladores intensificam o escrutínio a cripto

Mas os profissionais de marketing cripto e a indústria em geral podem não precisar temer o falso marketing cripto com IA. Os reguladores, tendo testemunhado os danos da publicidade irresponsável, restringiram os parâmetros nos quais as empresas do setor podem operar.

A União Europeia, por exemplo, introduziu um projeto de lei sobre IA que obriga as empresas a divulgar quando utilizam a tecnologia para gerar conteúdo. Isto facilita para o público avaliar conselhos de investimento e anúncios.

As empresas também devem fornecer resumos do conteúdo protegido por direitos autorais no material gerado.

Além disso, no Reino Unido, a Autoridade de Conduta Financeira (FCA) exige que as empresas que promovem criptomoedas para varejo sejam autorizadas ou registadas ou que tenham o seu material aprovado por uma empresa autorizada. A Coinbase e várias outras empresas estão trabalhando com escritórios de advocacia para criar campanhas de marketing compatíveis.

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora-chefe do BeInCrypto Brasil. Jornalista de dados com formação pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia pela Globo e, agora, está se aventurando pelo mundo cripto. Tem passagens na Gazeta do Povo e no Portal UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados