O que é a blockchain Sui?

By Ryan Glenn
1 dezembro 2022, 08:36 -03
Traduzido Airí Chaves
11 janeiro 2023, 04:49 -03

Durante este mercado em baixa, você provavelmente está procurando o próximo momento de alta. A palavra da moda hoje é ambientes de execução da camada 1 – e esses projetos têm estado na moda ultimamente.

Quer ser o primeiro a aprender sobre os novos projetos de blockchain? Junte-se à comunidade do BeInCrypto no Telegram. Lá nós compartilhamos diariamente análises técnicas e respostas às suas perguntas. Além disso, é possível conversar com traders e entusiastas do mercado de criptomoedas.

A blockchain Sui acredita que é o próximo ambiente monolítico de execução de contratos inteligentes. A sucessora do Diem acredita que resolveu os problemas de escalabilidade, segurança e taxas de rede com sua tecnologia.

Neste artigo:

O que é Sui?

Sui Blockchain

Sui (pronuncia-se “swee”) é uma blockchain de proof of stake de camada 1 com recursos de contrato inteligente. O projeto é fruto do esforço da Mysten Labsempresa fundada por ex-funcionários do Projeto Libra da Meta (Facebook).

Libra é um sistema de pagamento blockchain e stablecoin autorizado que nunca conseguiu decolar. Alguns dos desenvolvedores que trabalharam no Projeto Libra (também conhecido como Diem) trabalham em projetos como o Aptos e a Sui.

Observação

Sui e Mysten Labs não são baseados em Diem e não têm nenhuma relação com o  Aptos. No entanto, ambos compartilham origens comuns.

A Mysten Labs também tem o apoio de empresas de capital de risco populares. Como por exemplo, a FTX, Circle, Binance Labs e Electric Capital, para citar algumas.

A equipe Sui/ Mysten tem como objetivo oferecer uma melhor experiência de usuário por meio de escalabilidade e baixa latência. A rede Sui permitirá que desenvolvedores e criadores personalizem experiências para o usuário médio.

Como a Sui funciona?

Sui opera em uma sequência de épocas (24 horas). Um comitê de validadores gerencia cada época. O conjunto de validadores sem permissão é reorganizado de época para época.

Os usuários podem delegar suas apostas aos validadores. Delegar sua participação permite consolidar poderes de voto e ganhar uma parte das taxas. Além disso, a rede Sui mantém suas propriedades de segurança, desde que um quorum de dois terços da participação geral seja atribuído a partes honestas.

Os validadores podem escalar horizontalmente por meio de sharding intra-validador. Como resultado, os nós podem escalar dedicando mais recursos. Isso pode ser por meio de CPU, memória, armazenamento em uma máquina ou em várias máquinas.

Preços e taxas de rede

Um dos maiores problemas que impedem a adoção mainstream de blockchains são as taxas de rede. Os usuários pagam gás para concluir as transações e ter suas transações incluídas em blocos. Sem gás, agentes mal-intencionados enviariam spam à rede e, como resultado, causariam um ataque de negação de serviço.

Quando a atividade de rede de uma blockchain aumenta, as transações competem pelo espaço do bloco. Isso resulta em um aumento nas taxas, no congestionamento da rede e, em última análise, em uma experiência de usuário insatisfatória.

A Sui adota uma abordagem dinâmica das taxas por meio de um mecanismo de definição de preços. No início de cada época, os validadores votam em um preço de referência em toda a rede. Por este método, os usuários podem ter taxas de rede mais previsíveis.

Taxas de armazenamento

Os usuários pagam taxas separadas pela execução da transação e armazenamento de dados. Quando um usuário envia dados para o “fundo de armazenamento” da Sui, ele paga taxas de rede e taxas para Sui. O fundo cobre o custo dos validadores para armazenar dados; à medida que a rede cresce, o custo de armazenamento aumenta.

Move – linguagem de programação

Linguagem Move da blockchain Sui

A linguagem de programação da blockchain Sui é o Move. Essa linguagem é um pouco diferente do núcleo do Move, que é baseado na linguagem de programação Rust e foi originalmente desenvolvida pela Meta (Facebook).

A Sui compartilha a linguagem de programação Move com Diem e Aptos. Ex-funcionários da Meta também fundaram a Aptos. Os contratos inteligentes no Sui são criados com o Move.

O Sui funcionará com o código Move de outros sistemas, exceto para Chaves e operadores de armazenamento global. As maiores diferenças entre Move Core e Sui Move são:

  • Endereços representam IDs de objeto
  • Os pontos de entrada da Sui recebem referências de objetos como entradas
  • A Sui usa seu próprio armazenamento global centrado em objeto
  • Tem inicializadores de módulo
  • Os objetos têm IDs globalmente exclusivos

Move vs. Solidity

A Sui é a “ assassina do Ethereum ”, e isso faz do Move o rival do Solidity. Foi criado com o intuito de corrigir problemas dentro do Solidity. O Move foi projetado para representar ativos digitais e realizar operações seguras sobre eles.

A funcionalidade na maioria das blockchains é implementada como contratos inteligentes. Os tokens no Ethereum são contratos inteligentes que mantêm um registro dos saldos associados a uma lista de chaves públicas. Isso é feito fora do registro distribuído, pois o protocolo Ethereum não tem conhecimento de sua existência.

As mensagens são trocadas durante as transações, mas não os ativos reais. O estado global do Ethereum é o estado global de todas as contas. Isso contrasta com a blockchain Sui.

Com o Move, o armazenamento da Sui é projetado em torno de objetos, mas a maioria das plataformas de contratos inteligentes é projetada em torno de contas. Esses objetos são programáveis ​​e podem fluir por meio de contratos inteligentes. O estado global da Sui é o pool de objetos programáveis.

Um contrato inteligente na Sui é um objeto (chamado de pacote de movimentação) que pode manipular objetos de movimentação. Todo objeto tem propriedade. Sua propriedade determina como ele é usado nas transações.

  1. Possuído por um endereço — o caso mais comum para mover objetos. Mova a transferência de objetos para outros endereços, após o que será de propriedade do endereço de recebimento.
  2. De propriedade de outro objeto.
  3. Imutável — objetos imutáveis ​​não podem ser alterados. Todos os pacotes Move (por exemplo, contratos inteligentes) são imutáveis ​​depois de implantados.
  4. Compartilhado — qualquer um pode ler ou escrever este objeto.

O Move foi desenvolvido juntamente com o Move Prover. Isso permite que os programadores verifiquem se o código é executado conforme o esperado.

Execução de transações paralelas

Um dos feitos mais interessantes da capacidade de dimensionamento de Sui é a paralelização de transações. Na maioria das blockchains, as transações são executadas sequencialmente – ou uma a uma. Isso evita alguma forma de competição entre transações e gastos duplos. No entanto, isso também restringe a taxa de transferência.

A execução de transações paralelas permite que a Sui processe até 120.000 transações em um MacBook Pro por segundo. Para referência, o Ethereum pode processar de 7 a 15 transações por segundo. Já a Visa pode processar 24.000 transações por segundo.

Muitas transações não possuem interdependências complexas com outras partes arbitrárias do estado da blockchain. Na maioria das vezes, os usuários simplesmente desejam enviar um ativo para um destinatário. Os mecanismos de consenso do Sui reduzem a quantidade de comunicação necessária entre os validadores para processar as transações. Como resultado, transferências simples são validadas quase instantaneamente e transações complexas são executadas em 2 a 3 segundos.

Mecanismo de consenso Sui

Tudo isso graças ao mecanismo de consenso de Sui. Narwhal, Bullshark e Tusk criam coletivamente o mecanismo de consenso de Sui. Esses sistemas dividem as responsabilidades da rede.

  • Narwhal: garante a disponibilidade de dados.
  • Bullshark ou Tusk: concorda com a ordem específica de dados.

Um dos recursos exclusivos de Sui é sua abordagem de vanguarda para um mempool. A Sui tem um gráfico acíclico direcionado ( mempool baseado em DAG ), facilitado por Narwhal. O DAG permite o processamento de paralelização na camada de execução.

Bullshark substituiu Tusk como o componente de consenso padrão para latência e justiça reduzidas —, onde até validadores lentos podem contribuir. No entanto, Tusk ainda está disponível para uso.

Aptos vs. Sui

Aptos APT Previsão de preços

Aptos e Sui compartilham muitas semelhanças: ambos são os sucessores espirituais de Diem, os fundadores de ambas as blockchains vieram do Meta ( Facebook ) e ambos usam a linguagem de programação Move. Ambos até compartilham alguns dos mesmos investidores.

O Aptos usa o armazenamento global do Move principal, enquanto o Sui usa o seu. Além disso, o Aptos não possui um conceito de recursos ou objetos que possuam outros recursos. Qualquer endereço Sui pode possuir um número ilimitado do mesmo tipo de recurso. Uma única conta Sui poderia possuir dez objetos diferentes do token Sui, cada um com seu próprio valor.

Sui supostamente lida com 120.000 transações por segundo, enquanto Aptos pode supostamente lidar com 160.000 transações por segundo. Embora esse número tenha caído drasticamente no lançamento da rede principal.

Qual é a melhor?

Gostaríamos de ver duas blockchains disputando até a última. No entanto, é difícil comparar as duas blockchains em um estágio tão inicial. O Aptos lançou recentemente a rede principal e está mais longe do que a Sui, que está em seu estágio de desenvolvimento.

Roteiro da Sui

O devnet da Sui foi lançado em maio de 2022. Atualmente, consiste em quatro nós operados pela Mysten Labs e um Sui Explorer. Atualmente, não há Rede de teste Sui.

A rede de teste introduzirá gradualmente e testará os recursos e mecanismos necessários para uma rede principal pronta para produção. O objetivo do testnet será validar projetos, validar validadores, nós completos, carteiras, cadeias de ferramentas do desenvolvedor e obter experiência operacional. A rede de teste está organizada em uma série de “ondas”:

  • Rede
  • Staking
  • Atualizações

Rede

  • Pela primeira vez, uma rede Sui pública multientidade será montada. A cerimônia de gênese distribuída, a configuração do validador, a coordenação operacional e as operações básicas de rede serão todas postas à prova.
  • Os desenvolvedores Sui terão sua primeira oportunidade de implantar no testnet.

Staking

  • O mecanismo delegado de proof of stake protege a rede. Qualquer entidade deve ter permissão para acumular tokens SUI suficientes para atuar como um validador no mecanismo DPoS da Sui.
  • Um desafio centrado no desenvolvimento e implantação de primitivas financeiras, especificamente derivativos de staking e fundamentos de DeFi.

Atualizações

  • Este estágio colocará os operadores à prova enquanto eles perfuram as principais operações de rede, como alterações no conjunto de validadores, atualizações de software e resposta a incidentes.

Tokenômics da SUI

A criptomoeda nativa da blockchain é o token SUI. A oferta total de SUI é de 10 bilhões e atende a quatro funções principais:

  1. Delegue e ganhe uma parte das recompensas de validação.
  2. Domar as taxas de rede.
  3. Uma unidade de conta, meio de troca ou reserva de valor — especialmente para DApps.
  4. Para governança e votação on-chain.

Como comprar criptomoeda SUI

token SUI

O SUI não está ativo nem disponível para compra. Ele será lançado no lançamento da rede principal e ao longo do tempo como subsídios de participação. “Alguns dos tokens serão reservados para a equipe do Mysten Labs, colaboradores da Sui, investidores e subsídios de participação”, Alonso de Gortari, Economista-chefe do Mysten Labs.

O SUI será distribuído para a Sui Foundation — uma entidade separada da Mysten Labs. A Fundação Sui usará sua alocação para financiar:

  • Hackathons, conferências, documentação e aplicação na blockchain Sui.
  • Projetos como padrões e práticas para DeFi, carteiras blockchain Sui, infraestrutura e identidade digital.
  • Equipes de desenvolvedores que criarão produtos para atrair usuários para a blockchain Sui.

Airdrop SUI

Um airdrop SUI é muito possível. Os airdrops geram adoção em larga escala e tráfego de rede. Isso servirá como um teste de estresse para a rede.

Vendo o sucesso do airdrop do irmão espiritual da Sui – o Aptos -, a Sui vai querer aproveitar a oportunidade. No entanto, Sui esclareceu que não há planos atuais para um airdrop.

A Sui é tudo isso?

Cento e vinte mil transações por segundo para uma blockchain é impressionante, mas é quase impensável. Isso é muito, mesmo para uma blockchain autorizada. Há um grande grau de separação entre o processamento de transferências de ativos simples e cálculos multithread complexos.

Em teoria, o Ethereum poderia processar mais transações se fossem apenas transferências simples. Aplicativos e serviços DeFi complexos exigem contratos inteligentes que dependem de outros contratos inteligentes. Isso significa que uma transação “única” pode ter várias dependências.

Essas transações requerem mais gás para serem concluídas. As transações e blocos Ethereum têm limites de gás. Isso diminui o número de transações que um único bloco pode manipular.

O design da Sui pode resolver escalabilidade e problemas de taxa de rede?

Muitos teorizaram o processamento paralelo, mas ainda precisam criar um projeto que possa obter o efeito de rede. Isso será necessário para testar o ambiente de execução de qualquer rede. O mecanismo de consenso Sui foi criado para atuar em um ambiente com foco particular em transferências simples de ativos. 

O pivô da Sui para o processamento paralelo de transações – em oposição ao processamento sequencial – pode ser útil. Só o tempo dirá se a abordagem de Sui ao trilema da escalabilidade será vitoriosa.

Perguntas frequentes

O que é a blockchain Sui?

Sui é uma blockchain proof-of-stake de camada 1 criado pela Mysten Labs. Este último é formado por ex-funcionários da Meta. Sui está tentando resolver problemas de escalabilidade e taxa de rede.

O que é a linguagem de programação Move?

A linguagem de programação Move foi criada pela Meta (Facebook). É usado nas blockchains Sui e Aptos. Move também foi usado em Diem (anteriormente conhecido como Projeto Libra).

O que é a Mysten Labs?

Mysten Labs é a equipe por trás da blockchain Sui. Foi fundada por desenvolvedores que trabalharam anteriormente na blockchain Diem da Meta. A empresa recebeu financiamento de várias empresas de capital de risco, incluindo Circle, Binance Labs e Electric Capital.

O que é Aptos?

Aptos é uma blockchain que compartilha a linguagem de programação Move com a Sui. Também foi fundado por desenvolvedores que trabalharam anteriormente no Diem. Como a Sui, também está trabalhando na solução de problemas de escalabilidade.

Se você quiser saber mais sobre novas blockchains, confira os nossos artigos educacionais.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e com o objetivo único de informar. Qualquer atitude tomada pelo usuário a partir das informações veiculadas no site é de sua inteira responsabilidade.
Na seção Aprender, nossa prioridade é fornecer informações de alta qualidade. Nós tomamos o tempo necessário para identificar, pesquisar e produzir conteúdo que seja útil para nossos leitores.
Para manter esse padrão e continuar a criar um conteúdo de excelência, nossos parceiros podem nos recompensar com uma comissão por menções em nossos artigos. No entanto, essas comissões não afetam o processo de criação de conteúdo imparcial, honesto e útil.