Ver mais

Como comprar Chainlink (LINK) e tudo o que você precisa saber

9 mins
Por Ryan Glenn
Traduzido Mikael Araújo

Com foco em conexões do mundo real e de blockchain, o Chainlink é um projeto descentralizado popular. Mas como funciona o ecossistema e vale a pena comprar seu token nativo, o LINK?

Aqui está tudo o que você precisa saber, inclusive onde e como você pode comprar o Chainlink.

Compre Chainlink (LINK) com poucos cliques em uma plataforma segura

Coinbase

Coinbase
Compre na Coinbase
Disponibilidade Brasil, EUA, Europa e +
Taxa de depósito 0
Taxas de trading de 0,04% até 0,06%

OKX

OKX
Compre na OKX
Disponibilidade Mundialmente
Taxa de depósito 0
Taxas de trading de 0,08% até 0,10%

Kraken

Kraken
Compre na Kraken
Disponibilidade Brasil, EUA, Europa e +
Taxa de depósito 0
Taxas de trading de 0,16% até 0,26%

O Chainlink é um protocolo de oráculo descentralizado. Um oráculo serve como uma fonte confiável para trazer informações, dados ou validação do mundo real para o mundo digital (por exemplo, aplicativos ou contratos inteligentes).

Em outras palavras, o Chainlink traz dados do mundo real para a cadeia. Steve Ellis e Sergey Nazarov criaram a Chainlink, sendo que o último é o CEO da Chainlink Labs. O desenvolvimento do Chainlink começou em 2014, mas só foi lançado em 2017.

Fundadores da Chainlink: Chainlink Labs

Como funciona o Chainlink?

O Chainlink é baseado em redes de oráculos descentralizados (DONs). Basicamente, os desenvolvedores podem se conectar à rede Chainlink e solicitar serviços de oráculo.

Vários nós respondem às solicitações, recuperam as informações solicitadas para contratos inteligentes e recebem LINK em troca, a moeda nativa do Chainlink. O Chainlink usa vários operadores de nós para recuperar e verificar os dados para garantir a precisão dos dados.

A distinção básica entre a rede Chainlink, a rede oracle, o nó Chainlink e o operador de nó. Fonte: Chailink Blog

A rede usa um mecanismo de consenso para verificar a precisão dos dados fornecidos pelos operadores de nós. Os nós validam coletivamente os dados, e o consenso da maioria determina o resultado final.

Abaixo, ilustramos o processo de compra do Chainlink na Coinbase para referência. A exchange possui interface amigável (ótima para iniciantes) e pode ser acessada por falantes de língua portuguesa de diversos países. O processo de compra é bastante similar em outras exchanges. Vamos ao passo a passo:

1. Em primeiro lugar, abra o aplicativo da Coinbase e selecione “Negociar” e insira o nome da moeda no campo de busca.

2. Em seguida, selecione LINK, pressione “Comprar” e escolha a quantia que deseja comprar e escolha método de pagamento de sua preferência.

3. Selecione o botão “enviar ordem” para concluir sua compra.

Novamente, vamos usar a Coinbase como referência.

1. Abra o aplicativo da Coinbase e selecione “Negociar”. Adicione a moeda que você deseja vender na busca.

2. Em segundo lugar, selecione “Vender” e escolha o valor que deseja vender e o valor de conversão (em qual moeda você deseja receber o montante obtido com a venda).

3. Por último, selecione “enviar ordem” para finalizar sua compra.

O Chainlink ganhou atenção e adoção significativas devido ao seu foco específico em fornecer uma solução de oráculo descentralizado, segura e flexível.

A abordagem do Chainlink, que envolve uma rede descentralizada de operadores de nós e vários níveis de verificação de dados, ajudou a enfrentar alguns dos desafios associados à confiabilidade e à segurança do oráculo.

Métricas da Chailink no CoinMarketCap

Quando se trata das principais criptomoedas por valor de mercado, o Chainlink ocupa a 19ª posição, com um valor de mercado de cerca de US$ 4 bilhões. Quanto aos volumes de negociação em 24 horas, o LINK está em 12º lugar, com um volume de US$ 184 milhões.

O Chainlink e o Polkadot diferem em vários aspectos. Enquanto o Chainlink é uma rede de oráculo descentralizado, o Polkadot é um protocolo de “camada 0”. Em outras palavras, o Polkadot pode facilitar a interoperabilidade entre blockchains usando a estrutura Substrate, enquanto o Chainlink pode facilitar a comunicação entre APIs, fontes de dados e contratos inteligentes.

O ecosistema Chailink. Fonte: Chailink Blog

Diferentemente de uma blockchain, o ecossistema do Chainlink é baseado nos aplicativos que integraram a rede de oráculos descentralizados. Aqui está uma lista de alguns deles:

  • SWIFT;
  • AWS;
  • T-Mobile;
  • The Graph;
  • Quicknode;
  • Infura.

Como o token LINK do Chainlink é criado usando o padrão ERC-20, várias carteiras suportam o LINK. Cinco das principais opções incluem:

  • MetaMask: Uma porta de entrada para a web3 e todo o ecossistema DApp baseado em Ethereum;
  • Ledger: Um dos principais fabricantes de carteiras de hardware, todos os modelos da Ledger suportam LINK;
  • Trezor: Outro forte concorrente de carteiras de hardware e uma alternativa à Ledger para os menos impressionados com a empresa após um tumultuado ano de 2023;
  • Trust Wallet: A carteira oficial da exchange Binance, a Trust Wallet é excelente tanto para iniciantes quanto para operadores mais experientes;
  • SafePal: Outro local seguro para armazenar seu LINK, a carteira da SafePal inclui opções sólidas de hardware, bem como a X1, uma nova carteira de código aberto com suporte para Bluetooth;

Ao fazer staking de LINK, os usuários podem ganhar recompensas por ajudar a proteger a rede e manter sua integridade. A rede utiliza auditorias competitivas de crowdsourcing para garantir a segurança da base de código.

Além disso, o staking de Chainlink incorpora um mecanismo de supervisão, permitindo que os usuários tomem decisões sobre atualizações, alterações de parâmetros e outros aspectos da rede.

Disponibilidade
Brasil, EUA e outros
Taxas de trading
A partir de 0,80%
Disponibilidade
Brasil, Europa e outros
Taxas de trading
A partir de 0,1%
Disponibilidade
Brasil, EUA e outros
Taxas de trading
A partir de 0,26%

Então, o token nativo do Chainlink vale um investimento? Aqui estão alguns aspectos a serem considerados antes de você decidir se quer comprar o LINK.

Pontos Positivos

  • Ampla adoção de vários tipos de TradFi a DeFi
  • Rede diversificada de operadores de nós para garantir a confiabilidade dos dados
  • Vários outros serviços emblemáticos, como Chainlink VRF e CCIP
  • Diversas fontes de dados
  • Tem um grande domínio de mercado na indústria de oráculos.

Pontos Negativos

  • Falta de punição criptoeconômica para oráculos maliciosos;
  • Possibilidade de conluio entre nós.

Se você é um investidor ou capitalista de risco, o LINK pode ser uma boa adição ao seu portfólio. O projeto tem um caso de uso claro e garantiu uma adoção significativa, tanto na web3 quanto em instituições tradicionais. Além disso, o Chainlink garantiu uma grande fatia do mercado de oráculos, o que é outro bom sinal.

Por fim, a equipe por trás do Chainlink não se limitou a simples oráculos de preços. Em vez disso, eles criaram outros serviços importantes, como funções aleatórias verificáveis e protocolos de comunicação entre cadeias. Em termos gerais, o projeto parece sólido, com bons fundamentos. Entretanto, o fato de um projeto parecer bom na superfície não significa necessariamente que ele lhe renderá dinheiro.

Somente compre em projetos nos quais você acredita e certifique-se de determinar seu apetite por riscos e planejar adequadamente. Como sempre, nunca invista mais do que você pode se dar ao luxo de perder.

Se você estiver interessado em investir em LINK, talvez queira dar uma olhada em nossa previsão de preço do Chainlink. Nossos especialistas seniores preveem que o preço do LINK será de US$ 9,40 em 2023, US$ 20,82 em 2025 e US$ 217,07 em 2030. Observe que esses preços refletem possibilidades e não certezas. Para que o LINK atinja esses preços, a adoção deve continuar e o mercado mais amplo deve se recuperar.

Há futuro para o Chainlink?

O Chainlink é um protocolo poderoso do qual muitos aplicativos da Web3 dependem. A rede de oráculos descentralizados é a solução específica de blockchain para conectar ecossistemas digitais com informações do mundo real. À medida que o Chainlink se expande, com mais projetos sendo criados em blockchains, o Chainlink parece fundamental para fornecer dados aos ecossistemas da web3 no futuro.

Perguntas frequentes

Por que o Chainlink é valioso?

Onde posso comprar chainlink?

O Chainlink está na Binance?

Como posso comprar Chainlink no Brasil?

Por que não comprar Chainlink?

O Chainlink é melhor que o Ethereum?

Melhores plataformas de criptomoedas | Dezembro 2023

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e com o objetivo único de informar. Qualquer atitude tomada pelo usuário a partir das informações veiculadas no site é de sua inteira responsabilidade.
Na seção Aprender, nossa prioridade é fornecer informações de alta qualidade. Nós tomamos o tempo necessário para identificar, pesquisar e produzir conteúdo que seja útil para nossos leitores.
Para manter esse padrão e continuar a criar um conteúdo de excelência, nossos parceiros podem nos recompensar com uma comissão por menções em nossos artigos. No entanto, essas comissões não afetam o processo de criação de conteúdo imparcial, honesto e útil.

mikael_araujo.jpg
Mikael Araújo
Mikael Araújo é formado em Ciências da Computação pela Universidade Vale do Araújo — UVA. Trabalha com marketing digital há mais de 7 anos, tendo SEO como sua especialidade. Foi mentorado em SEO por Jamie Indigo como parte do programa da FCDC - Freelance Coalition for Developing Countries. Trabalhou como especialista em SEO para empresas como GetNinjas, StarOfService, Alana.ai, O POVO, entre outras. Atua no mercado de criptomoedas desde 2017, trabalhando como consultor de marketing...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados