Bitcoin btc
$ usd
Notícias

Apple Watch ganha app para exibir NFTs

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

Tokens não fungíveis (NFTs) podem agora serem exibidos no smartwatch da Apple por meio de um aplicativo próprio.

A empresa americana Zelf agora permite que os proprietários do Apple Watch exibam seus NFTs favoritos como watchface. Potencialmente, 50 milhões de americanos podem ter relógios NFT agora. No entanto, não há indícios de quando esse recurso estará disponível para os detentores do smartwatch ao redor do mundo.

A empresa por trás deste último showponying de NFTs é uma fintech americana. Eles dizem que estão focados nas gerações mais jovens. Atualmente, eles operam nos EUA e na União Europeia, para oferecer serviços bancários dentro de plataformas sociais como WhatsApp, Telegram, Viber, Facebook Messenger e Discord.

  • Ficou com alguma dúvida? O BeInCrypto tem um glossário para que você possa tirar suas dúvidas em relação ao mundo cripto!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter, Instagram e Facebook.

A ZELF diz que 100 milhões de usuários do Apple Watch em todo o mundo “em breve poderão conectar suas coleções de tokens não fungíveis de arte digital aos mostradores de seus relógios”.

Este movimento segue o anúncio da Tag Heuer, da mesma natureza. O smartwatch Connected Caliber da empresa de luxo também permite que os proprietários exibam seus NFTs.

Tag Heuer’s Connected Calibre Smartwatch

NFTs alcançando o mainstream

De acordo com Elliot Goykhman, CEO da ZELF: “Perseguimos objetivos diferentes e visamos mercados diferentes – a Tag Heuer e sua controladora LVMH continuarão sendo luxuosas e elitistas, nosso objetivo é adoção em massa e inclusão. Mercado de milhares versus mercado de centenas de milhões.”

ZELF expandiu-se para os Estados Unidos como um banco de metaverso. Eles dizem que querem trazer saques de jogos, NFTs e moedas fiduciárias sob um guarda-chuva bancário. O lançamento acontecerá no NFT.NYC – o Super Bowl dos NFTs.

Ainda segundo Goykhman: “Nossa tecnologia do Bank of the Metaverse tornará o comércio de ativos virtuais tão visuais, tangíveis e emocionantes quanto os cartões de beisebol ou Pokemon costumavam ser, proporcionando um ambiente seguro para compradores e vendedores negociarem ativos virtuais nos mundos virtuais”.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Patrocinados
Patrocinados