Ver mais

Análise on-Chain de Bitcoin (BTC): UTXOs em perda superam o mercado de baixa de 2019

3 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • UTXOs medem a quantidade de criptomoeda que permanece após a execução de uma transação.
  • A porcentagem atual de UTXOs no lucro é de 72% - bem acima das mínimas dos mercados de baixa anteriores.
  • A quantidade de UTXOs em perda já ultrapassou as mínimas de 2019.
  • promo

Uma análise do indicador de saídas de transações não gastas (UTXOs) e seus derivados para a rede Bitcoin (BTC). O objetivo é tentar comparar este indicador para o mercado em baixa atual com dados históricos.

Vemos que os valores de UTXOs de hoje são característicos dos mercados em baixa anteriores. No entanto, eles ainda não atingiram os níveis de mínimas macro históricas. Por sua vez, isso sugere que o preço do BTC ainda pode sofrer uma capitulação final antes de retomar a tendência de alta.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

O que é UTXO?

O UTXO é um termo das áreas de blockchain e criptomoedas que representa uma certa quantidade de moeda digital que foi autorizada por uma conta para ser gasta por outra.

Em outras palavras, UTXO é a quantidade de moeda digital restante após a execução de uma transação de criptomoeda. Uma comparação da vida real pode ser o troco recebido depois de fazer uma compra.

O modelo UTXO é usado em muitas criptomoedas porque permite que os usuários rastreiem a propriedade de todas as partes dessa criptomoeda. Como as criptomoedas foram criadas com o anonimato em mente, os UTXOs estão vinculados a endereços públicos visíveis para toda a rede.

O Bitcoin, por exemplo, é uma criptomoeda que usa o modelo UTXO. Em contraste, uma versão estendida do modelo UTXO, o EUTXO, é usada pela blockchain Cardano.

Porcentagem de UTXOs no lucro

Uma boa medida da saúde do mercado Bitcoin é o indicador da porcentagem de UTXOs no lucro, que permanece em correlação com as tendências macro do mercado. Este indicador determina a porcentagem de saídas de transações não utilizadas cujo preço no momento da criação era inferior ao preço atual.

No gráfico de longo prazo, podemos ver que os mercados históricos de alta continuaram até que o gráfico do percentual de UTXOs no lucro estivesse acima das linhas de tendência ascendentes (vermelho).

Quando houve uma quebra abaixo dessa linha (áreas azuis), isso foi a confirmação de um início de mercado em baixa. Tal situação ocorreu em março de 2014, janeiro de 2018 e mais recentemente em dezembro de 2021.

Bitcoin: Porcentagem de UTXOs em Lucro, Glassnode.

Após as duas primeiras quedas, quedas mais profundas fizeram com que o percentual de UTXOs do BTC no lucro atingisse baixas de 15% em 2015 e 44,5% em 2019. Vale ressaltar que a queda do COVID-19 em março de 2020 trouxe a proporção para 39%.

Até agora, o fundo de 2022 é de apenas 72%, o que é significativamente maior do que nos mercados em baixa anteriores. Isso sugere que há potencial para novas quedas no preço do BTC.

Se olharmos agora para a quantidade absoluta de UTXOs em lucro, vemos que esse valor caiu para uma baixa de quase dois anos. Apesar disso – à medida que a adoção da rede Bitcoin aumenta – o indicador permanece em uma tendência ascendente de longo prazo (curva azul). No entanto, a correção atual é a maior queda desde o período de julho de 2019 a março de 2020.

Bitcoin: Número de UTXOs em Lucro, Glassnode.

Números em perda

Também vemos uma situação interessante no indicador do número de UTXOs do BTC em perda. Pois verifica-se que ultrapassou os valores dos dois mercados em baixa anteriores de 2015 e 2019 (linha vermelha). Em outras palavras, o número de saídas de transações não gastas agora é maior do que nos fundos macro das tendências de baixa anteriores.

Claro, isso também se deve ao crescimento e adoção da rede Bitcoin, que está gerando cada vez mais usuários, endereços e transações.

Apesar disso, os UTXOs atuais em perda ainda são inferiores aos picos de outubro de 2019 a abril de 2020 (área azul). Isso também mostra que, com o tamanho atual da rede Bitcoin, ainda existe a possibilidade de eventual capitulação antes que a tendência de baixa seja revertida.

Bitcoin: Número de UTXOs em perda, Glassnode
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

91fede6fd9bb30cda0f788b1372d931a?s=120&d=mm&r=g
Jakub Dziadkowiec
PhD e professor assistente em uma universidade internacional em Lublin, Polônia. Passou 10 anos estudando filosofia da natureza e ciência do esporte. É autor de 4 livros e duas dúzias de artigos científicos. Agora, ele está usando sua mente em benefício da comunidade de criptomoedas. Entusiasta da análise técnica, guerreiro do Bitcoin e um forte defensor da ideia de descentralização. Duc in altum!
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados