Ver mais

5 criptomoedas para ficar de olho em janeiro de 2024

4 mins
Por Valdrin Tahiri
Traduzido Anderson Mendes

Confira cinco criptomoedas que possuem atualizações e desenvolvimentos interessantes programados para janeiro de 2024, o que podem impulsionar seus respectivos preços à novas máximas históricas.

Dezembro foi de alta para o mercado de criptomoedas, especialmente para a Solana (SOL), Injective (INJ) e ORDI. Nesse sentido, as altcoins abaixo podem apresentar saltos ainda maiores no primeiro mês de 2024.

KAVA

A equipe da KAVA anunciou que após o lançamento do KAVA Mainnet 15, o token terá inflação 0 em 1º de janeiro, levando a uma oferta fixa de 1 bilhão de unidades. Como nenhuma nova moeda será cunhada, as recompensas de staking serão provenientes do Cofre Estratégico do projeto.

O preço da KAVA está em alta desde que rompeu uma linha de tendência de baixa em outubro. O rompimento também causou um salto acima da área horizontal de US$ 0,70, levando a uma máxima de US$ 0,95 esta semana.

O Índice de Força Relativa (RSI) semanal apoia o rompimento, uma vez que subiu acima de 50 (ícone verde) quando o preço fez o rompimento. A KAVA agora se aproxima da próxima resistência em US$ 1. Se fechar acima, pode subir 60% até a próxima resistência em US$ 1,50.

Gráfico da KAVA no TradingView

Apesar desta previsão de alta, o fracasso em fechar acima de US$ 1 pode desencadear uma queda de 25% na área de suporte de US$ 0,70.

Avalanche

A atual Carteira Avalanche será descontinuada em 23 de janeiro. Este é o resultado da transição para a Carteira Principal, simplificando o portfólio e as operações de staking. É importante observar que isso não afetará os delegadores e validadores ativos, e a mesma frase-semente funcionará para a nova carteira.

O preço do AVAX experimentou um forte aumento desde outubro, começando em uma mínima de US$ 8,65 e culminando com uma máxima de US$ 49,95 em 24 de dezembro.

Durante esta subida, o token rompeu uma linha de tendência de baixa de 750 dias que persistia desde o preço recorde, acelerando significativamente a sua trajetória de alta posteriormente.

Nas últimas dez semanas, o preço gerou nove candles semanais de alta, ressaltando a força de sua dinâmica de alta. Embora o AVAX tenha atingido uma nova máxima anual de US$ 49 na semana passada, ele está criando um candle de baixa esta semana.

Gráfico do AVAX no TradingView

No entanto, se o movimento de alta continuar, o seu preço pode subir 70% até a próxima resistência em US$ 68.

Apesar dessa previsão de alta, a criação de um candle engolfo de baixa significará que um topo local foi atingido. Neste caso, o AVAX pode cair 15% para o nível de retração de 0,382 de Fibonacci em US$ 34.

Axie Infinity

O Axie Infinity anunciou uma nova atualização para o Origins. A partir de 3 de janeiro, o “Parts Evolution Utility” entrará no ar, transformando Axies em NFTs dinâmicos que podem ser melhorados com o tempo.

O preço do AXS está em alta desde que caiu para US$ 4,05 em outubro. No mês seguinte, rompeu uma linha de tendência de baixa que existia há 520 dias. Isso levou a uma alta de US$ 11,15 esta semana.

No entanto, o ativo caiu desde que foi rejeitado pela área de resistência de US$ 9,50 e criou um longo pavio superior (ícone vermelho). Vale ressaltar que faltam mais dois dias para o fechamento semanal.

Se o preço do AXS fechar acima da área de resistência de US$ 9,50, ele poderá subir mais 100% e alcançar a próxima resistência em US$ 19.

Gráfico do AXS no TradingView

Apesar desta previsão otimista, não conseguir fechar acima de US$ 9,50 poderá resultar numa queda de 33% para o suporte mais próximo de US$ 6,50.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Stellar

Os validadores da rede Stellar concordaram com uma votação em 30 de janeiro sobre a atualização da Mainnet para o Protocolo 20. Este protocolo implementará 12 novas propostas básicas de avanço e habilitará recursos Soroban, adicionando uma plataforma para execução de contratos inteligentes à rede.

O preço do XLM está em alta desde outubro, quando rompeu uma linha de tendência de baixa. Desde então, ele fez três tentativas malsucedidas de rompimento (ícones vermelhos) acima do nível de retração de 0,382 da queda anterior de US$ 0,14.

Como as resistências enfraquecem cada vez que são tocadas, é provável que haja um rompimento. Isso poderia desencadear um salto de 20% para a próxima resistência em US$ 0,16.

Gráfico do XLM no TradingView

Apesar desta previsão otimista, o fracasso no rompimento pode desencadear uma queda de 15% para o suporte mais próximo de US$ 0,11.

NEAR

A equipe do protocolo NEAR emitiu uma atualização sobre os exploradores de blocos. Embora o NEAR Block Explorer original tenha sido inicialmente importante para o projeto, os exploradores de blocos alternativos agora o superaram.

Como resultado, o NEAR Block Explorer Selector foi lançado em outubro, e o Explorer original será desativado em 31 de janeiro. Isso é feito para permitir que usuários e desenvolvedores escolham seus próprios exploradores favoritos criados pela comunidade.

Da mesma forma que as criptomoedas citadas acima, o NEAR rompeu uma linha de tendência de baixa em outubro. O movimento causou um rompimento acima da área de resistência de US$ 3,20 e levou a uma nova máxima anual de US$ 4,62 esta semana. Espera-se agora que esta área atue como suporte.

Se o rompimento continuar, o NEAR pode subir mais 50% e alcançar a próxima resistência em US$ 6.

Gráfico do NEAR no TradingView

Apesar desta previsão de alta, um fechamento abaixo de US$ 3,10 invalidará o rompimento. Neste caso, o NEAR poderia cair 45% para o suporte mais próximo de US$ 2,10.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados