Ver mais

3 criptomoedas que podem cair para novas mínimas em dezembro

2 mins
Por Valdrin Tahiri
Traduzido Anderson Mendes

As últimas semanas foram de alta para o mercado, mas essas três criptomoedas enfrentam uma perspectiva negativa para dezembro.

Embora o Bitcoin (BTC) e várias altcoins tenham atingido novas máximas anuais em novembro, o pior ainda está por vir para essas três criptomoedas.

Celestia (TIA)

O TIA iniciou um enorme salto em 10 de novembro, subindo 200% nos oito dias seguintes. O movimento culminou com uma nova máxima de US$ 7,42 em 18 de novembro. No entanto, a altcoin caiu desde então.

A queda foi precedida por uma divergência de baixa no Índice de Força Relativa (RSI) de seis horas (verde). Se a queda continuar, o preço pode cair mais 20% e atingir a área de suporte horizontal de US$ 4,30.

O trader de criptomoedas Dentoshi tem uma visão semelhante. Ele notou um padrão de cabeça e ombros (OCO), sugerindo que o TIA pode cair abaixo dele.

3 criptomoedas que podem cair para novas mínimas em dezembro
Gráfico do TIA no TradingView

Apesar desta previsão de baixa, um rompimento da linha de tendência de baixa em US$ 5,70 significará que o fundo local está dentro. Nesse caso, a altcoin pode subir 35% para a região máxima de US$ 7,30.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Arweave (AR)

O AR valorizou significativamente desde 20 de outubro. A altcoin subiu 150% em apenas 32 dias, culminando com uma alta de US$ 9,30 em 19 de novembro.

No entanto, o preço criou um longo pavio superior no mesmo dia (ícone vermelho), um sinal de pressão de venda. O pavio validou uma confluência de níveis de resistência em US$ 8,50, criada por uma área de resistência horizontal e uma linha de tendência de baixa de longo prazo.

Além disso, a alta foi combinada com a divergência de baixa (verde) no RSI, outro sinal de queda iminente. Se a queda continuar, o preço pode cair mais 20% e atingir o suporte mais próximo de US$ 6.

O analista de criptomoedas Rekt Bidding também sugeriu que o preço poderia cair para seu suporte mais próximo de US$ 6, antes de eventualmente retomar seu movimento de alta.

3 criptomoedas que podem cair para novas mínimas em dezembro
Gráfico do AR no TradingView

Apesar desta previsão de baixa, um fechamento acima da resistência de US$ 8,50 e da linha de tendência de baixa invalidará a previsão de baixa. Nesse caso, a altcoin pode subir 80% e atingir a próxima resistência em US$ 13,50.

PancakeSwap (CAKE)

A CAKE está em um rápido movimento de alta desde 16 de outubro. O salto levou a uma alta de US$ 2,85 em 15 de novembro, o que representa uma valorização de 170% desde as mínimas de outubro.

No entanto, o preço não conseguiu sustentar o seu movimento e caiu abaixo da área horizontal de US$ 2,50, validando-o como resistência. Além disso, o RSI gerou uma divergência de baixa (verde), precedendo toda a queda.

Finalmente, a CAKE rompeu uma linha de tendência de alta de curto prazo, alinhando-se ainda mais com as leituras de baixa anteriores.

Se a queda continuar, o preço pode cair mais 20% em direção aos níveis de retração de 0,5-0,618 de Fibonacci, entre US$ 1,73 e US$ 1,94.

3 criptomoedas que podem cair para novas mínimas em dezembro
Gráfico da CAKE no TradingView

Apesar desta previsão de baixa, recuperar a área de resistência de US$ 2,50 pode causar um salto de 25% para a próxima resistência em US$ 2,85,

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados