Solana atinge recorde anual de TVL: seria este o melhor momento para investir?

2 mins
Por Ciaran Lyons
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • O valor total bloqueado (TVL) da rede Solana atingiu US$ 337,49 milhões, seu maior valor este ano.
  • Apesar de perder 60% em TVL desde o início de 2022, o preço da SOL aumentou desde que a FTX recebeu aprovação para vender suas criptomoedas.
  • Em meio às preocupações com a reação que isso pode gerar na SOL, os mercados são “notoriamente péssimos” na fixação de preços em eventos de distribuição de oferta, segundo um importante analista.
  • promo

O valor total bloqueado (TVL) da rede Solana (SOL) está em US$ 338,82 milhões, seu maior valor no ano. Esse aumento tem gerado especulações na comunidade cripto.

“Ah, agora todos vocês de repente gostam de $SOL…”, disse o analista de mercado Ran Neuner no X (antigo Twitter).

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

TVL da Solana dispara

Nesta segunda-feira (2), o TVL da SOL registou um aumento de cerca de 4,15% nas 24 horas, passando de US$ 324,64 milhões para US$ 338,82 milhões.

Desde o início de 2023, a métrica registou um aumento substancial de aproximadamente 38%, passando de 210,47 milhões de dólares em 1 de janeiro.

Solana atinge recorde anual de TVL: seria este o melhor momento para investir?
Fonte: DeFiLlama

Alguns usuários notaram essa tendência, mas houve comentários sugerindo que o preço da SOL ainda está atrás das máximas anuais. Um usuário X apontou que seu preço é quase um terço inferior ao seu topo anual:

“O TVL da Solana atingiu novas máximas no ano hoje, enquanto o preço ainda caiu 30% em relação às máximas anuais.”

No entanto, há pouco mais de um ano, surgiram relatórios indicando uma queda acentuada no TVL da criptomoeda.

Em maio de 2022, o BeInCrypto informou que a SOL havia perdido 60% em TVL desde o primeiro dia do ano. Em 1º de janeiro, a Solana tinha um valor total bloqueado de aproximadamente US$ 11,22 bilhões, caindo para cerca de US$ 4,38 bilhões em 15 de maio.

Enquanto isso, há preocupações sobre como o preço poderia reagir, visto que a FTX recebeu aprovação para liquidar suas participações em criptomoedas. A exchange detém aproximadamente US$ 1,2 bilhão em SOL.

Preço aumenta após notícias da FTX

Em uma postagem no X, o analista DeFi Squared observou que a SOL subiu 20% desde que a FTX recebeu aprovação para vender seus ativos cripto:

“Há algumas respostas para isso, mas talvez a mais hilária com a qual quero começar é que os mercados de criptomoedas são simplesmente *notoriamente* terríveis na precificação em eventos de distribuição de ofertas.”

Além disso, ele esclarece que a FTX possui atualmente cerca de 17 milhões a 22 milhões de tokens SOL, com um valor total aproximado de US$ 400 milhões. No momento da publicação, o preço unitário do ativo era de US$ 24,11.

Solana atinge recorde anual de TVL: seria este o melhor momento para investir?

Por fim, o analista menciona que a companhia ainda tem de 40 a 44 milhões de tokens SOL ativamente em staking, com aproximadamente US$ 17 milhões sendo desbloqueados a cada mês durante os próximos quatro anos.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados