Ver mais

Bitcoin (BTC) fecha segunda semana consecutiva de queda e cai abaixo de US$ 20.000

2 mins
Por Valdrin Tahiri
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Bitcoin retornou à área de suporte horizontal de US$ 19.300.
  • Ativo caiu abaixo de um canal paralelo de alta.
  • BTC está na onda final de um movimento de queda de cinco ondas.
  • promo

O Bitcoin (BTC) fechou seu segundo candle semanal consecutivo de baixa e quase caiu para uma nova mínima anual abaixo de US$ 20.000.

O preço do Bitcoin está em tendência de baixa desde que atingiu a máxima histórica de US$ 69.000 em novembro de 2021. Isso levou a uma mínima de US$ 17.622 feita em junho. O ativo se recuperou em seguida (ícone verde), validando a área horizontal de US$ 19.300 como suporte.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

No entanto, o salto durou pouco e o BTC só conseguiu atingir um topo local de US$ 25.211. Atualmente, a criptomoeda criou dois candles consecutivos de baixa no gráfico semanal e voltou a ser negociada na área de suporte horizontal de US$ 19.300.

Caso ocorra um rompimento abaixo dessa área, a área de suporte horizontal mais importante seria encontrada em US$ 11.500.

Gráfico do BTC no TradingView

Rompimento do canal paralelo

O gráfico diário mostra que o Bitcoin caiu abaixo de um canal paralelo de alta que estava em vigor desde 18 de junho. Esses canais geralmente contêm estruturas corretivas, o que significa que uma queda é o cenário mais provável. Assim, a queda atual confirma que o movimento é corretivo e novas mínimas se seguirão.

O RSI diário ainda está caindo e está consideravelmente abaixo de 50, mas ainda não atingiu seu território de sobrevenda.

No gráfico diário, a área de suporte mais próxima é encontrada em US$ 19.100, coincidindo com a delineada no gráfico semanal.

Gráfico do BTC no TradingView

Contagem de ondas do Bitcoin

A contagem de ondas de longo prazo mais provável agora parece ser totalmente de baixa. O Bitcoin iniciou um movimento de queda de cinco ondas (branco) depois de atingir sua alta histórica e está atualmente na quinta e última onda.

Usando uma retração externa na onda quatro, os dois alvos mais prováveis para o fundo são encontrados em US$ 15.400 e US$ 12.700. Esses alvos são os níveis de retração externa de 1,27 e 1,61 de Fibonacci, respectivamente. As contagens de sub-ondas são mostradas em preto.

Gráfico do BTC no TradingView

A contagem de curto prazo sugere que o Bitcoin está na sub-onda três da quinta onda. Isso significa que ainda pode haver outro movimento de baixa considerável depois disso.

Gráfico do BTC no TradingView
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados